Seaster participa de seminário internacional sobre a primeira infância

Evento do Programa Criança Feliz segue até esta quinta-feira (3), em Brasília, Distrito Federal

03/12/2020 09h06 - Atualizada em 03/12/2020 11h43

Com o objetivo de propor estratégias para a promoção do desenvolvimento infantil e do fortalecimento de vínculos, a Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster) está participando do II Seminário Internacional do Programa Criança Feliz, que iniciou na última terça (1º) e segue até esta quinta-feira (3), em Brasília, Distrito Federal.

O evento, que é organizado pelo Ministério da Cidadania, reúne representantes da Organização das Nações Unidas (ONU), do Banco Mundial, das fundações ligadas à infância, os governadores, secretários e coordenadores estaduais do Programa Criança Feliz. O debate central gira entorno dos desafios e oportunidades no atendimento à primeira infância. O evento está sendo transmitido online para todo o território nacional e os munícipios paraenses que aderem ao PCF estão tendo a oportunidade de participar das reflexões.  

Para o coordenador estadual do Criança Feliz no Pará, Antônio Sena, o seminário é uma ótima oportunidade de diálogo e intercâmbio entre os estados brasileiros. “É uma excelente troca de experiências, principalmente as exitosas nos municípios. Para a nossa equipe estadual, o seminário mostra como podemos nos qualificar e fortalecer as ações do Programa Criança Feliz nas 12 Regiões de Integração do Pará”, explicou.

Mesmo diante a pandemia, as atividades do programa não pararam no Pará. Atualmente, o Criança Feliz atua em 128 municípios paraenses e assiste, semanalmente, mais de 18 mil crianças e mães gestantes com atendimentos e visitas para as famílias. 

“De janeiro a março, realizamos ações de capacitação e monitoramento. De abril até setembro, atuamos no trabalho remoto nas orientações e apoio técnico aos municípios. Nos meses de outubro e novembro, conseguimos atender 10 cidades em capacitação e realizamos apoio técnico em 21 municípios dentro das recomendações de saúde, o que nos permitiu manter o bom desempenho do programa no estado do Pará”, pontuou o coordenador.

Criança Feliz – Considerado o maior programa do mundo de visitação domiciliar para a primeira infância, se propõe como uma importante ferramenta para que famílias com crianças entre zero e seis anos ofereçam meios para promover o desenvolvimento integral dos pequenos.

“O Programa Primeira infância no SUAS/Criança Feliz no Pará é um sucesso em sua centralidade por termos uma equipe técnica comprometida, não somente na execução das ações, mas desde o planejamento, nos debates e reflexões coletivas. A prova disso é o reconhecimento nacional da nossa equipe de inovar com as capacitações, monitoramento, assessoramento e apoios técnicos, levando aos municípios mais subsídios teóricos e práticos para as ações, tratando a primeira infância com toda a responsabilidade e prioridade, conforme o ECA preconiza”, destacou Riane Reis, diretora de Assistência Social da Seaster.

Por Rodrigo Souza (SEASTER)