Coronel Roberto Campos assume o comando da Polícia Militar do Estado

09/01/2015 15h21
Por Redação - Agência PA (SECOM)

A Polícia Militar do Pará tem novo comandante. O coronel Roberto Campos, que até então ocupava o posto de comandante do Policiamento da Capital (CPC), tomou posse no cargo nesta sexta-feira, 9, em substituição ao coronel Daniel Borges Mendes. A cerimônia de transição, realizada na sede do Comando Geral, foi presidida pelo governador Simão Jatene, que reiterou seus agradecimentos ao antigo comandante pelo trabalho desenvolvido e desejou boas vindas ao coronel Campos.  

Na ocasião, o governador destacou a importância do trabalho da polícia. "Desejo que o coronel Campos consiga se impor o desafio de viver todos os dias do seu comando como se fosse o primeiro e o último. O primeiro, porque é fundamental ter a capacidade de se emocionar com as coisas simples, e o último porque, a medida em que o tempo se esgota para nós, nossas urgências aumentam. E a sociedade tem urgências que precisam ser encaradas por todos nós", disse.

O novo comandante falou sobre as metas de trabalho que pretende estabelecer à frente da Polícia Militar. "Acima de tudo vamos buscar melhorar os serviços prestados à comunidade. Cada vez mais queremos ouvir as pessoas, e isso, com certeza, vai ser uma das marcas da PM a partir de agora. Queremos que a polícia seja valorizada pela própria sociedade e vista como uma parceira. E para isso, também vamos capacitar e aprimorar nossos policiais", informou.

Ao deixar o cargo, o coronel Daniel Borges Mendes informou que encerra também sua carreira militar, e agradeceu à família, aos parceiros de farda e a diversas pessoas que o apoiaram durante os três anos em que esteve à frente da corporação. Entre outras coisas, destacou a parceria com o programa Pro Paz, na prevenção e aproximação da polícia com a comunidade, e também com as demais órgãos de segurança para a realização de operações e do policiamento ostensivo.

Mendes finalizou seu pronunciamento destacando os desafios de comandar a Polícia Militar do Estado. "O que pude observar nesse tempo é que, de fato, ainda não somos a polícia que queremos. Mas também tenho a certeza de que, apesar disso, estamos bem mais próximos do que estávamos há alguns anos. Muitas coisas foram feitas e outras ainda o serão para que possamos continuar avançando. Por isso, fico feliz com a escolha do coronel Campos, que é bastante experiente e capacitado", destacou.

Durante a cerimônia, o governador entregou ao coronel Daniel a insígnia de ex-comandante e, ao novo comandante, a espada e o distintivo que simbolizam o cargo. Diversas autoridades civis e militares, entre elas o vice-governador Zequinha Marinho, acompanharam o ato de um palanque montado na avenida Doutor Freitas, no bairro do Marco, em Belém. Ao final da solenidade, a tropa da PM desfilou diante do novo comandante.