Projetos da Emater já garantiram quase um milhão a produtores de Santa Maria das Barreiras

12/02/2015 18h02

Os produtores rurais de Santa Maria das Barreiras, no sudeste paraense, já começaram a receber o financimento do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). Os mais de 15 projetos já liberados contemplam recursos que variam de R$ 21,5 mil a R$ 80 mil, dos quais dez vão beneficiar a pecuária de leite com investimentos na estrutura das propriedades, na aquisição de equipamentos e melhoria genética do rebalho.

Cada produtor financiado deve adquirir pelo menos 12 novos animais Puros de Origem (PO), da raça girolando. Os projetos, que têm a assinatura da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater), visam garantir o aumento da produtividade nas propriedades. No caso da pecuária leiteira, a expectativa é dobrar a quantidade de litros por animal. Hoje a produtividade está entre três e cinco litros. A meta é alcançar pelo menos 10 litros por animal na ordenha manual.  

Segundo dados da Emater, outros R$ 4 milhões, referentes a 50 projetos, já foram internalizados nos Bancos da Amazônia e do Brasil. “O trabalho no município é feito em equipe, de forma a inserir o agricultor local no mercado e torná-lo mais competitivo”, diz o técnico da Emater, Ewerton Gabino. Também é preocupação da Emater em Santa Maria das Barreiras orientar os agricultores quanto ao escoamento da produção, às técnicas de comercialização e o mercado final. As informações são repassadas durante visitas aos produtores rurais por uma equipe multidisciplinar.

Rosenam Souto é um dos agricultores que tem investido no melhoramento da produção e um dos primeiros a trabalhar com ordenhadeira mecânica. A produção de leite, que era de 250 litros de leite/dia, agora chega a 400 litros, que são resfriados e entregues diretamente a um laticínio local.

Por Redação - Agência PA (SECOM)