Grupo de Estudos Musicais da Amazônia inicia atividades de 2015

11/03/2015 14h26

O Grupo de Estudos Musicais da Amazônia (Gemam) da Universidade do Estado do Pará inicia o ciclo de atividades do ano com a conferência "Aberturas e Impasses para a pesquisa em Música à luz da trajetória do Grupo de Estudos Musicais da Amazônia", que será ministrada pelo professor doutor Paulo Murilo do Amaral, nesta quinta-feira, 12.

Segundo o professor, que também é coordenador do Gemam, a aula inaugural vai abordar aspectos que antecederam a criação do Grupo de Pesquisa e Estudos, como a demanda da universidade no que diz respeito à inclinação de pesquisa dos alunos em relação a música popular”, conta Paulo Murilo.

Os ciclos de estudos incluem palestras de membros do grupo, pesquisadores do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e especialistas de outras instituições. Também serão realizadas aulas abertas que terão entre os temas as interfaces da música e comunicação e as perspectivas sobre o gosto musical.

O Gemam

O Grupo de Estudos Musicais da Amazônia foi criado em novembro de 2010. Além de atender a demanda de pesquisa dos alunos da Universidade, o grupo acompanha o crescimento do campo da etnomusicologia no Pará. A etnomusicologia é uma ciência da música que estuda a sociedade a partir do seu discurso musical. “No Pará a gente tenta entender não apenas os ritmos tradicionais como o carimbó, mas também o rock, o samba, todos esses estilos produzidos por aqui”, ressalta o coordenador do Gemam.

Segundo Amaral, o perfil dos estudantes é “híbrido, ou seja, não absorvemos apenas uma demanda de postulantes da música erudita, pois temos alunos com experiências em diversas práticas musicais entre elas a música popular”.

Entre os desafios encontrados pelo grupo está a baixa quantidade de professores formados em música. “Outra dificuldade é que ainda não se criou no âmbito das artes uma cultura da pesquisa, então precisamos estimular a atividade de pesquisa e entender que a universidade não se faz apenas com carga horária de sala de aula”, diz o professor Paulo Murilo.

O primeiro ciclo de estudos do Gemam será no próximo dia 19, das 16h30 às 18h30, com a oficina Citation Managers, ministrada por Hugo Camarinha, no núcleo do Programa de Pós Graduação em Artes da Universidade Federal do Pará (UFPA), localizado na avenida Magalhães Barata, nº 611, entre Nove de Janeiro e Três de Maio. As demais atividades do grupo serão desenvolvidas no Centro de Ciências Sociais e Educação (CCSE) da Uepa, no Bloco III, sala 1214. Mais informações pelo telefone (91) 9 8148-9779.

Por Redação - Agência PA (SECOM)