Hemopa comemora descentralização da coleta que já salvou mais de 36 mil pacientes

30/06/2015 16h54
Por Redação - Agência PA (SECOM)

A Fundação Hemopa descentralizou um de seus principais serviços com a inauguração da Unidade de Coleta na passarela Pórtico Castanheira, há seis meses, e hoje comemora a estratégia que vem dando excelentes resultados com um significativo saldo de 11.784 comparecimentos de candidatos voluntários. E mais, já foram computadas 9.085 doações de sangue, que ajudaram a salvar cerca de 36.340 pacientes.

Das coletas efetivadas na unidade, 60% são do sexo masculino, 30% doaram pela primeira vez e 30% foram esporádicos. Segundo a gerente de Captação de Doadores, a assistente social Juciara Farias, isso é uma boa referência ao evidenciar a facilidade de acesso aos voluntários daquela parte da Região Metropolitana de Belém (RMB). “Muitos doadores voltaram a doar sangue pela acessibilidade oferecida”, explicou, comemorando o retorno desses voluntários.

Segundo ela, somente do município de Ananindeua são 90 mil doadores cadastrados. A técnica também festeja o saldo de 64% das coletas de natureza espontânea, o que caracteriza o aumento de cidadãos engajados na causa da doação de sangue.

Para a presidente da instituição, Ana Suely Leite Saraiva, os resultados expressivos obtidos desde a implantação da unidade, vêm constatar que a Fundação estava no caminho certo quando definiu estrategicamente pela descentralização do serviço facilitando o acesso à população da RMB, como também de outros municípios. Outras unidades deverão ser inauguradas, em Icoaraci e na Cidade Nova.

Doando sangue pela primeira vez, Rosângela Santana da Silva, 28, achou a localização da unidade de coleta bem melhor do que a sede do hemocentro. “Agora posso fazer minhas doações de sangue sem muitos entraves. Moro aqui perto. Agora ficou muito mais prático”, elogiou a moradora do bairro de Águas Lindas, em Ananindeua.

Ana Suely agradece não apenas aos doadores de sangue, como também a parceria com a Prefeitura Municipal de Belém que cedeu o espaço de 70 m² no térreo do Pórtico Metrópole para a instalação da unidade e à direção do Castanheira Shopping pelos anos de parceria com a realização de campanhas externas com unidade móvel na área frontal do prédio. “E ainda por ter tido a sensibilidade de indicar a utilização do espaço para o atual serviço instalado. Obrigada aos nossos parceiros pelo compartilhamento da solidariedade e responsabilidade social com a saúde pública do nosso Estado”, disse Ana Suely.

Quem pode doar sangue - Candidatos com boa saúde; idade entre 16 anos completos e 69 anos, e peso acima de 50 kg. Menores de 18 anos podem doar somente com autorização dos pais ou responsável legal. É necessário portar documento de identidade original e com foto. Não precisa estar em jejum ao contrário, recomenda-se uma boa alimentação antes da doação. O homem pode doar a cada dois meses e a mulher a cada três.

Serviço: A Fundação Hemopa fica na travessa Padre Eutíquio, 2109, e realiza coleta de segunda-feira a sexta-feira, das 7h30 às 18h, e aos sábados, das 7h30 às 17h. A Estação de Coleta Hemopa-Castanheira fica no térreo da passarela Pórtico Metrópole, que dá acesso ao Castanheira Shopping, e funciona de segunda-feira a sexta-feira, das 7h30 às 18h, e aos sábados, das 7h30 às 17h. Mais informações pelo Alô Hemopa: 0800 280 8118.