Itaituba tem a primeira agroindústria de beneficiamento de banana certificada na região

O Selo Artesanal Vegetal concedido pela Adepará permite a comercialização do produto em todo o Estado e valoriza a mão de obra local

23/06/2022 16h33 - Atualizada em 23/06/2022 20h17

A Regional da Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará (Adepará) em Itaituba, no Sudoeste do Pará, concedeu o Selo Artesanal Vegetal a uma agroindústria que produz banana frita salgada no município de Trairão, na região de influência da Rodovia Transamazônica (BR-230). A partir da concessão do registro, a agroindústria fica autorizada a comercializar seus produtos em todo o território paraense e poderá participar de licitações públicas, fortalecendo a atuação dos pequenos produtores, que com produtos inspecionados e de qualidade podem conquistar novos mercados.O trabalho da Adepará foi fundamental para a certificação do produto originário de Trairão

O Selo Artesanal Vegetal para a Bananita da Amazônia foi o primeiro concedido para uma agroindústria de beneficiamento de banana da região. “Isso facilita a entrada de recursos, a valorização do produto e também a valorização da mão de obra local”, disse o agrônomo da Adepará, Clóvis Villacorta.

Há mais de dez anos, o produtor rural de Trairão, Elias Peres, aguardava para que seu produto conquistasse o selo da Agência de Defesa. A boa notícia chegou nesta semana.  Na quarta-feira (22), o certificado foi entregue pela equipe da Adepará. “Depois de todas as vistorias feitas pelos técnicos da Adepará, e de ter feito as devidas adequações, o tão sonhado selo chegou. Finalmente, o sonho virou realidade, e hoje estamos prontos para vender em todo o Pará”, disse o produtor.

Compromisso do Estado - Durante a entrega do certificado, o gerente regional da Adepará em Itaituba, Douglas Moacir Campos da Silva, agradeceu à equipe técnica. “Nossos engenheiros agrônomos atuaram para que o Estado, por meio da Adepará, concedesse o primeiro Selo Artesanal Vegetal da região, e por entenderem a responsabilidade do Estado para com a agricultura familiar. É o primeiro produto de uma história muito longa da Adepará. Agradeço a Deus por este trabalho e ao produtor que fez jus a um produto de qualidade, que com certeza é o primeiro de muitos”, disse o gerente.

Produtores rurais de todo o Estado são incentivados pela Adepará a procurar a certificação de produto artesanal vegetal. Um produto registrado na Agência tem trânsito livre no território paraense e garantia de qualidade, além da confiança dos consumidores, que procuram produtos inspecionados e seguros.

A diretora de Defesa e Inspeção Vegetal da Adepará, Lucionila Pimentel, destacou o empenho da Regional de Itaituba em conceder o registro para um estabelecimento pioneiro nesse tipo de produto na região. “Fico muito feliz em ver o resultado do trabalho realizado de forma célere e eficiente. É um estabelecimento pioneiro na certificação artesanal vegetal para esse tipo de produto: banana frita, o que abre caminho para que outras agroindústrias busquem a certificação”, informou.

Serviço: Os produtores rurais que quiserem registrar sua empresa para comercializar legalmente e atestar a qualidade da produção devem procurar o escritório da Adepará de seu município ou entrar em contato com a Gerência de Produtos Artesanais Vegetais, pelo número (91) 99118-1973.

Texto: Rosa Cardoso – Ascom/Adepará

Por Manuela Viana (ADEPARÁ)