PGE inicia pesquisa de opinião sobre os serviços prestados pela instituição à sociedade

12/01/2022 16h15 - Atualizada em 12/01/2022 16h51

Até o próximo dia 31 de janeiro, está disponível para toda a sociedade a pesquisa periódica de opinião da Procuradoria-Geral do Estado (PGE), que tem o objetivo de ampliar a qualidade dos serviços prestados pela instituição e potencializar a voz do cidadão em busca de melhorias. Este é o segundo ano consecutivo que a PGE realiza a pesquisa. 

“Nosso objetivo é que a pesquisa permaneça sendo realizada anualmente. É importante que o cidadão saiba que ele não será identificado. Nosso objetivo é, de fato, ouvir a opinião da sociedade como um instrumento de planejamento de gestão, permitindo a análise interna e externa dos serviços prestados pela nossa instituição. Então, queremos ouvir todos aqueles que, em algum momento, demandam ou demandaram serviços à PGE”, explicou o procurador-geral do Estado, Ricardo Sefer. 

A pesquisa teve início no dia 06 de janeiro, em formato virtual, com mecanismo de acesso simplificado. Qualquer pessoa pode participar acessando o link (https://pt.surveymonkey.com/r/PGEPA2022-externa). De acordo com a coordenadora do Núcleo de Planejamento da PGE (Nuplan), Iêda Fernandes, a pesquisa deriva do fato de que a transparência foi indicada pela atual gestão do órgão como um eixo estratégico e, por conta disso, nos últimos anos, foram estabelecidos novos canais de comunicação. 

“A PGE criou perfis em redes sociais, dinamizou o acesso à informação através do seu site institucional e começou a realizar treinamentos em plataformas. E a pesquisa de opinião é mais uma estratégia para que a sociedade possa avaliar se a PGE está cumprindo adequadamente, com eficiência e efetividade, a defesa de direitos do Estado. E a ideia é que tenha uma participação ampla. Na pesquisa externa é a sociedade em geral, advogados ou não, que pode participar. A ideia é ouvir a opinião de todos, e que essa percepção da maioria possa influenciar nas decisões da gestão para o futuro”, reforçou a coordenadora. 

Pesquisa

A pesquisa é composta por oito questões. Em uma escala de 1 a 10 , o participante pode avaliar o atendimento e tratamento recebido no órgão; a celeridade; o encaminhamento dado ao caso; qualidade da atuação do órgão; canais de comunicação; a postura conciliatória adotada pela PGE em 2021; e a satisfação em relação ao trabalho da Procuradoria. Ao final, o participante pode escrever um comentário com elogios, críticas e/ou sugestões para o aperfeiçoamento da prestação do serviço público.

Por Barbara Brilhante (PGE)