Ananindeua cresce em mobilidade, educação e cidadania com obras do Governo do Pará

Pavimentação e drenagem de mais de 50 ruas, reconstrução de quatro escolas e a entrega da primeira Usina da Paz fazem parte do pacote de obras do Estado para o 2º maior município da RMB, que completa 78 anos hoje

03/01/2022 14h47 - Atualizada em 03/01/2022 18h28

Com quase 600 mil habitantes, Ananindeua, o segundo município mais populoso do Pará, celebra 78 anos nesta segunda-feira (03) com muitos investimentos do governo estadual. São obras de infraestrutura, educação, saúde, cidadania e lazer que estão mudando a realidade dos moradores do município da Região Metropolitana de Belém. 

Para facilitar a mobilidade urbana, o Estado investe nas obras de macrodrenagem do Canal Maguariaçu e Toras. O projeto é de responsabilidade da prefeitura de Ananindeua e teve a contribuição do governador Helder Barbalho - ainda quando ministro da Integração Nacional -, autorizando a liberação dos recursos necessários para a execução do mesmo. A partir das contenções do Maguariaçu, as obras permitirão que, pela primeira vez, Ananindeua possa ter vias que margeiem o canal, interligando toda estrutura viária da cidade e contribuindo para o fluxo de veículos e pedestres.

Rua Jardim Providencia, Bairro Aguas LindasOutra importante obra é a requalificação da rodovia BR-316, que corta o município. Por meio do Núcleo de Gerenciamento de Transporte Metropolitano (NGTM), O Estado intensifica as atividades para requalificação dos primeiros 10.8 km da rodovia federal. As obras, que foram retomadas há dois meses, dão continuidade ao projeto que visa dar a estrutura necessária para a implantação do sistema integrado de transporte, o BRT Metropolitano. Nessa fase de obras, as equipes de trabalhadores se dividem em várias frentes, como na construção da primeira etapa do corredor do BRT Metropolitano, na altura do KM 6, executada no canteiro central da via. O trecho recebe a drenagem que vai preparar para a estrutura do pavimento rígido, que é a pista exclusiva de ônibus do sistema troncal.

O programa "Asfalto Por Todo o Pará", executado pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas (Sedop), também contemplou o município com obras de drenagem e pavimentação em 2021, por meio de convênio com a Prefeitura de Ananindeua. Cinquenta ruas de diversos bairros do município serão contempladas, além da pavimentação do conjunto Girassol e ruas asfaltas do conjunto Nova Esperança, projetos realizados anteriormente. Em 2020, no Distrito Industrial, o Estado entregou o novo Mercado Municipal Zuca Muniz para proporcionar mais dignidade aos trabalhadores locais. 

A educação também foi uma das prioridades no município. Desde 2019, o Governo já entregou quatro escolas estaduais reconstruídas no município. Foram elas: Escola Luiz Nunes Direito, Escola Walter Bezerra Falcão, Instituto Bom Pastor e Escola Manoel Saturnino Favacho. Todos os espaços receberam ar climatizado, novas carteiras, bibliotecas, salas de informática, laboratórios de ciências, salas de apoio, lousas, além de paisagismos, pintura, sinalização e recuperação das partes elétrica e hidráulica. O ensino superior foi contemplado no município em 2021, com a assinatura da ordem de serviço para construção do novo campus da Universidade do Estado do Pará (Uepa), que deve iniciar as obras em breve. 

Para contribuir na redução da violência no município e oferecer atividades de cidadania, saúde e lazer, o Estado, por meio do programa Territórios da Paz (TerPaz), entregou a primeira Usina da Paz, no bairro Icuí-Guajará, em outubro do ano passado, com mais de 20 mil atendimentos realizados até o momento. O programa estadual se destaca como um modelo de política pública articulado e inovador no Brasil, que busca a redução da violência por meio da transformação social, tendo como diferencial ações integradas de secretarias estaduais e órgãos parceiros. Os moradores do bairro usufruem das instalações de dois prédios principais que ofertam diversos cursos, oficinas e atendimento público, um espaço para batedores e produtos de açaí, teatro, complexo poliesportivo, quadra de areia, piscina semiolímpica, playground, área viveiro, compostagem e horta, academia ao ar livre e estacionamento.

Moradia - Contribuindo para reduzir o déficit habitacional em Ananindeua, o Governo do Pará também já entregou até o momento 404 benefícios do programa Sua Casa, realizado pela Companhia de Habitação do Pará (Cohab). O benefício habitacional estadual garante auxílio para aquisição de material de construção e pagamento dos trabalhadores empregados durante a obra. No município, o Estado também entregou ano passado o Cadastro Ambiental Rural (CAR) coletivo em Abacatal, comunidade remanescente de quilombo no município. O documento beneficiou 160 famílias moradoras desse território de 560,8 hectares de área líquida de propriedade ou posse atual da comunidade.

Saúde - Outra prioridade do Estado no município é saúde. Por isso, o Estado investe R$ 18 milhões na construção do Hospital Pediátrico e na compra de equipamentos. Serão criados 70 novos leitos, incluindo Unidades de Terapia Intensiva (UTI). O novo espaço será construído em anexo à área da atual Unidade de Saúde Básica (UBS) do município, localizada no bairro Cidade Nova VI.

Por Bruno Magno (CPH)