Vale Gás ajuda a equilibrar o orçamento doméstico de famílias em vulnerabilidade social

O auxílio já está na segunda etapa e é concedido em duas cotas de R$ 100, disponibilizadas em forma de crédito pelo Banpará

29/12/2021 16h26 - Atualizada em 03/01/2022 16h23

O Banco do Estado do Pará (Banpará) encerrou, nesta terça (28), o pagamento da primeira parcela da segunda etapa do Vale Gás, atendendo 45.833 pessoas, representando um investimento do Governo de R$ 4.583.300,00. A iniciativa garante a compra de botijões de 13 quilos para 98 mil famílias paraenses em situação de vulnerabilidade social. 

Débora Michelle Varela, 35 anos, mora em Marituba e foi uma das beneficiadas com as duas parcelas. “Graças a Deus teve esse programa, que me ajudou muito. É bem complicado, (o gás) só resolve acabar quando não temos nada e com esses aumentos, tudo piorou. Eu tenho um botijão reserva e quando recebi o Vale Gás já deixei um cheio. Dá para segurar uns dois meses cada um, pois trabalho com venda de comida. Pelo menos no final de ano será tranquilo com essa despesa a menos”, conta Débora.

Em setembro de 2021, o governador Helder Barbalho sancionou o programa ‘Vale Gás’. Cerca de 98 mil famílias em situação de extrema pobreza puderam ser beneficiadas com a primeira etapa de pagamentos, realizada até outubro. O auxílio foi concedido em duas cotas de R$ 100, disponibilizadas em forma de crédito pelo Banpará.

No dia 15 de dezembro, foi iniciada a segunda rodada de pagamentos e os beneficiários têm até 14 de março para realizar o saque. O benefício teve sua continuidade aprovada pela Assembleia Legislativa do Estado do Pará (Alepa), com os pagamentos distribuídos da mesma forma que na primeira etapa: duas parcelas de 100 reais.

Por Giovanna Abreu (SECOM)