Operação prende quadrilha que assaltava motoristas de aplicativo em Belém

Os suspeitos devem responder por roubo qualificado, associação criminosa, corrupção de menores e tortura

15/04/2021 10h39 - Atualizada em 15/04/2021 11h02

Delegado Eliezer Machado, titular da Seccional da CremaçãoUma ação conjunta das Polícias Civil e Militar prendeu quatro pessoas e apreendeu um adolescente na madrugada desta quinta-feira (15), na capital paraense. De acordo com a PC, eles são suspeitos de integrar uma quadrilha que assaltava motoristas de aplicativo na Grande Belém.

O grupo utilizava violência e armas de grosso calibre para cometer os crimes contra os profissionais, que eram surpreendidos após os criminosos se passarem por passageiros.

Segundo o diretor da Seccional da Cremação, Elieser Machado, nesta madrugada, o grupo criminoso acionou um motorista de aplicativo e anunciou o assalto. Eles rodaram no carro pelos bairros do Telégrafo, Benguí, Marambaia e Pratinha. Depois, abandonaram a vítima após agredi-la.

Mais de 100 papelotes de pasta base de cocaína foram apreendidos com o grupoAlém da arma de fogo, foram encontrados 150 papelotes de pasta base de cocaína. Os suspeitos devem responder pelos crimes de roubo qualificado, associação criminosa, corrupção de menores e tortura, já que um dos motoristas foi agredido.

O titular da Seccional da Cremação, delegado Eliezer Machado, faz um apelo à outras possíveis vítimas: "Nós acreditamos que com essa divulgação, outras vítimas possam procurar a nossa delegacia para fazer denúncia. É importante salientar que por cada crime é instaurado um inquérito policial. Desta forma, essas pessoas irão pagar de forma justa pelos seus crimes", destacou o delegado.

Os quatro criminosos foram encaminhados ao CPC Renato Chaves para exame de corpo delito. Após isso, os mesmos ficarão à disposição do sistema penal. O menor de 17 anos, após exames, foi enviado ao órgão responsável.

Por Evaldo Júnior (PC)