Adepará realiza classificação de grãos após coletas

07/04/2021 16h06 - Atualizada em 07/04/2021 16h57
Por Manuela Viana (ADEPARÁ)

A Agência de Defesa Agropecuária do Pará (Adepará), por meio da sua Gerência de Classificação de Produtos de Origem Vegetal (GCPV) da GICVF, coletou amostras correspondentes a 3.266,28 toneladas de grãos, sendo: 1.677 toneladas de feijão e 1.589,28 toneladas de arroz. A ação objetivou coletar amostras desses grãos para fins de classificação (tipos 1,2 e 3) e foi realizada no período de 15 a 20 de março, nos municípios de Vizeu, Capanema, Santa Maria do Pará, São Miguel do Guamá, Paragominas, Ulianópolis e Castanhal.

A classificação é um importante trabalho na defesa do consumidor, pois a coleta de amostras de grãos, para análise da classificação garante produtos de qualidade nas prateleiras dos supermercados.

"Esse trabalho de classificação é uma das ações desenvolvidas pela Agência que, mesmo nestes tempos de pandemia, prossegue com suas tarefas regulares, já que os trabalhos no campo são indispensáveis pra vida diária das pessoas que vem na cidade", pontua o diretor geral da Adepará, Jamir Macedo.

Qualidade - Entre as atividades regulares da Agência está a classificação de grãos, um trabalho que objetiva assegurar a qualidade vegetal para que os produtos paraenses estejam sempre aptos à comercialização.

Com essas e outras ações, a Adepará se compromete em alinhar suas ações aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU, garantindo a segurança alimentar e a melhoria da nutrição, por meio da promoção de uma agricultura sustentável.

A Agência de Defesa Agropecuária está presente nos 144 municípios paraenses. No site da Adepará há os endereços dos escritórios em todos os municípios.