Aula aberta na EGPA encerra programa de formação para professores do ensino médio

Mais de 4,5 mil professores já foram qualificados pelo programa em 20 municípios do Estado, este ano todo executado no formato de Educação a Distância

15/12/2020 16h12 - Atualizada em 15/12/2020 17h06
Por Isabela Quirino (EGPA)

Uma aula aberta encerra nesta quarta-feira (16) o programa de Formação de Professores do Ensino Médio para o Enem (Forpem), da Escola de Governança Pública do Estado do Pará (EGPA) em parceria com a Secretaria de Estado de Educação (Seduc), com a última turma da formação de 2020. A programação será transmitida online a partir de 17h e pode ser acessada pelo link: https://www.youtube.com/watch?v=B86epbnECJo

Aula aberta encerra o programa de Formação de Professores do Ensino Médio para o Enem (Forpem), da Escola de Governança e SeducCom o tema “O trabalho docente por área de conhecimento: diálogos entre BNCC (Base Nacional Comum Curricular) e o currículo do estado do Pará", a última aula será ministrada pelos professores Luciel Antônio da Silva Macedo e Esther Maria de Souza Braga.

“O currículo do Estado trabalha com eixos estruturantes que possibilitam uma metodologia de ensino que valoriza a interdisciplinaridade, nesta aula final faremos uma discussão rica para que os professores percebam a importância do movimento de reintegração curricular para o Enem”, explica o professor Luciel. 

Desde a aula inaugural da Formação de Professores do Ensino Médio para o Exame Nacional do Ensino Médio, 4.546 professores foram qualificados no programa, alcançando mais de 20 municípios do Estado. Este ano, todas as aulas foram ministradas pela plataforma de Ensino a Distância da EGPA.

“Estamos focados na nossa missão de qualificar os servidores públicos e neste programa específico, os professores que atuam no estado, pois quando capacitamos um professor, consequentemente melhoramos a gestão dentro da sala de aula, o que melhora o resultado do aprendizado”, destaca a diretora geral da Escola de Governança, Evanilza Marinho. 

Um dos objetivos da formação é garantir que os professores tenham um momento de vivência, para aplicar os conhecimentos em uma aula prática. Para isso, a EGPA prepara o aulão, que será ministrado para os alunos das escolas de origem dos professores que receberam a qualificação. Para as turmas de 2020, o aulão está previsto para a primeira quinzena de janeiro de 2021. Este ano, o Enem está marcado para os dias 31 de janeiro e 07 de fevereiro.