Obras na PA-483 garantem segurança na rota para Barcarena e ao Porto de Vila do Conde

Pavimentação e acostamento vão reduzir o número de acidentes até o Trevo do Peteca, por onde trafegam diariamente cerca de mil caminhões

12/12/2020 14h39

Pavimentação na PA-483 vai melhorar a segurança do tráfego e reduzir o risco de acidentes em uma das vias mais acessadas do EstadoA Secretaria de Estado de Transportes (Setran) executa obras de pavimentação na rodovia PA-483, com , aumento em mais 3,5 centímetros da altura da pista e 16 quilômetros de  acostamento. As obras garantem segurança para quem trafega na região nordeste do Estado, pois a rodovia 483 é acesso ao Trevo do Peteca, por onde passam cerca de mil caminhões por dia, segundo a Polícia Rodoviária Estadual-PRE. Os veículos aguardam a vez para carregar ou descarregar mercadorias no porto de Vila do Conde, em Barcarena. 
De acordo com o caminhoneiro Robson de Souza, por causa do estado de conservação e da ausência de acostamento na PA-483, era muito perigoso trafegar pela rodovia.

“Essas obras, que estão sendo executadas pelo Governo do Estado, já mudam essa realidade, o acostamento nós dá bastante segurança, e o asfalto novo que chega vai reduzir os riscos de acidente”, avalia. 
Segundo o secretário de Estado de Transportes, Adler Silveira, após a conclusão do acostamento, serão pavimentados com novo asfalto 16 quilômetros da PA-483, que tem mais de 19 quilômetros de extensão. “A rodovia, que faz parte do complexo da Alça Viária,  dá acesso às PAs 481 e 151, interligando a Região Metropolitana de Belém com o município de Barcarena, e o seu polo industrial, além de também de ser alternativa terrestre de tráfego para acesso ao sul e sudeste do Pará,  o que a torna estratégica para a produção paraense”, disse Adler Silveira

EXPORTAÇÃO

Segundo a Companhia de Desenvolvimento Econômico do Pará (Codec), em números, os principais produtos exportados nos cinco primeiros meses de 2020  pelo porto de Vila Conde são minério de ferro e seus concentrados, que correspondem a 59% do total, chegando a 4 bilhões de dólares; seguido por minério de cobre e seus concentrados (11%).
Na  PA-481, a Setran concluiu mais de um quilômetro de rede de drenagem profunda de águas pluviais e ainda pavimentou mais de 600 metros da pista, no entroncamento com a PA 483, no acesso ao Trevo do Peteca. Após a instalação da rede foram eliminados os constantes alagamentos que destruíam o pavimento asfáltico.  
A Ordem de Serviço para a pavimentação da PA-483 foi assinada em março deste ano e a obra será concluída até o final de março de 2021. Estão sendo investidos mais de R$ 15 milhões para a pavimentação deste trecho, que beneficiará toda a economia do Estado. 
A pavimentação e conservação das PAs 481 e 483 dão qualidade também ao acesso da PA-151, principal rodovia que leva aos municípios de Abaetetuba, Moju e Igarapé-Miri.

Por Kátia Aguiar (SETRAN)