Segup faz operação 'Festas Seguras' para garantir paz nas compras de final de ano

Mobilização envolve efetivos da PM, da Polícia Civil e de outros órgãos de segurança pública em ações preventivas contra a criminalidade

03/12/2020 12h12 - Atualizada em 03/12/2020 13h08
Por Walena Lopes (SEGUP)

Militares na Praça da Bandeira, durante o lançamento da Operação "Festas Seguras", para garantir paz nas ruas durante o final de anoA Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Pará (Segup) lançou na manhã desta quinta-feira (3), a operação integrada “Festas Seguras”. O objetivo é intensificar as ações de segurança pública nas principais áreas comerciais no mês de dezembro, período em que muitos recebem o 13° salário e vão ao centro comercial fazer compras para as festas de Natal e Réveillon.

Equipes policiais de inteligência também atuarão de forma integrada, monitorando e coibindo ações criminosas, a fim de evitar roubos em caixas eletrônicos, bancos e carros fortes.

Este ano, a operação ocorrerá na Região Metropolitana de Belém e em mais 14 cidades que sediam as Regiões Integradas de Segurança Pública (Risps), como Altamira e Santarém, por exemplo. A operação seguirá entre 3 de dezembro e 4 de janeiro de 2021.

“A nossa missão, em especial no mês de dezembro, é garantir a segurança para a nossa população, combatendo e evitando os crimes patrimoniais, mais comuns em razão da maior circulação de valores de dinheiro, neste mês de dezembro, destacando também o aporte do décimo terceiro, do auxílio emergencial e temos ainda, neste ano específico, o auxílio do governo do estado, de 100 reais para cada família que recebe o Bolsa Família", diz o secretário de Segurança Pública e Defesa Social, Ualame Machado.Operações policiais contarão com apoio de helicópteros do GRAER

Ele explica que todos esses fatos justificam a organização de uma força-tarefa, com foco na movimentação das ruas e nos centros comerciais, para garantir a todos o livre exercício de ir e vir, o poder de compra para adquirir bens e desfrutar das festas de final de ano de forma pacífica. 

O lançamento da operação ocorreu de forma simultânea nas 14 regiões de policiamento e ainda na Região Metropolitana de Belém, com evento de abertura na Praça da Bandeira e no estacionamento do Estádio Olímpico Edgar Proença, o Mangueirão, em Belém, e no ginásio Abacatão, em Ananindeua.

REFORÇO

Policiais militares de motocicletas também estarão no policiamentoA ação contará com um reforço no efetivo diário de mais 1,5 mil agentes, e ainda um total de 227 viaturas de duas e quatro rodas. A operação será desenvolvida de forma conjunta por integrantes dos órgãos do Sistema de Segurança: Polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros Militar, Departamento de Trânsito do Estado (Detran), Centro Integrado de Operações (Ciop), Centro de Perícias Científicas Renato Chaves (CPCRC), Grupamentos Aéreo e Fluvial, Guarda Municipal de Belém, Secretaria de Mobilidade Urbana de Belém (Semob), além de órgãos municipais de segurança de Belém, Ananindeua e Marituba.

“A equipe da Polícia Militar estará a postos nas ruas, realizando rondas e atuando de forma conjunta com a Polícia Civil, para garantir reforço e agilidade nas ações de prevenção, coibindo e inibindo a criminalidade", diz o comandante geral da Polícia Militar, Cel. Dilson Júnior.

Ele informou que o aumento diário no efetivo é de quase 50%, com o apoio dos policiais de folga. "Isso vai proporcionar segurança para que a população venha até o centro comercial ou vá até os shoppings da sua região, realizando suas compras com segurança e tranquilidade, sem correr o risco de serem surpreendidos com atitudes delituosas”, disse o militar.

Efetivos de cavalaria vão dar apoio ao patrulhamento das ruas durante a operação "Festas Seguras", que prossegue até janeiro de 2021FISCALIZAÇÃO

As ações desenvolvidas durante a operação serão voltadas para a segurança da população em razão da maior movimentação bancária, neste período, em virtude do recebimento do 13º salário.

ATIVIDADES

No período da realização da “Operação Festas Seguras”, permanecerão as ações das Operações de Lei Seca, Duas Rodas e Barreira. Haverá a intensificação em abordagens a pessoas, carros particulares, ônibus e motocicletas, em locais estratégicos identificados pela Secretaria de Inteligência e Análise Criminal (Siac), por meio dos canais de denúncia do Disque Denúncia 181 ou pelo whatsapp 91 98115-9181 ou via Centro Integrado de Operações (Ciop) 190.

O secretário de Segurança Pública destacou também a redução da criminalidade, comparada com os anos anteriores, durante o período do final de ano e ainda a redução dos números em todo o estado neste ano.  Ele reforça o compromisso em manter a queda desses índices, para finalizar o ano como um dos estados do Brasil que mais reduziram a criminalidade.

“A operação “Festas Seguras” perdurará até o dia 4 de janeiro, posteriormente às festas natalinas e de final de ano, para que possamos garantir mais uma vez à sociedade a redução da violência, mais paz e tranquilidade a todos. Em dezembro de 2019, conseguimos melhorar o índice de criminalidade, quando comparado com o mesmo período de 2018. Nosso objetivo é melhorar ainda mais esses números em 2020. Temos tudo para conquistar isso, tendo em vista que em 2020, durante todo o ano, nós estamos apresentando reduções em relação ao ano de 2019. Esta operação é fundamental em todo o Estado para que a gente possa conseguir fechar o ano de 2020 também na história do país, mantendo o que já conquistamos nestes primeiros meses, que é do Estado com a maior redução da criminalidade do País. A nossa missão será cumprida com êxito, tenho certeza, e para que a gente possa desde já sair para garantir cada vez mais a segurança da nossa população”, disse Ualame Machado.