Cerca de 21 mil alunos devem ser capacitados pela EGPA até o final de 2020

Escola de Governança do Pará celebra o Dia Nacional do EAD nesta sexta-feira (27), com avanços no ensino e apresentação de projetos em eventos nacionais e internacionais

27/11/2020 11h47 - Atualizada em 27/11/2020 12h45

O ato de se reinventar foi uma das principais exigências desde o início da pandemia de Covid-19, quando a necessidade do distanciamento e isolamento social fez com que escolas, trabalhos e cursos passassem a ser feitos através das telas de computadores ou celulares. Diante desta realidade, a Escola de Governança Pública do Estado do Pará (EGPA) intensificou a Educação à Distância (EaD) e prevê a capacitação de cerca de 21 mil alunos até o final de 2020. Nesta sexta-feira (27), é celebrado o Dia Nacional de Educação a Distância, instituído através da Lei nº 13.620, de 2018.

De janeiro a outubro, cerca de 7 mil servidores estaduais já participaram de alguma atividade na Escola e, de outubro a dezembro de 2020, cerca de 13,5 mil estão em formação. Segundo o coordenador de Ensino a Distância da EGPA, Reinan Abreu, a prática do EaD não foi um choque para a instituição, que atua com esta modalidade desde 2015, mas provocou avanços no fomento do uso de tecnologias. 

“Passamos a focar 75% das nossas atividades na educação a distância, reavaliamos conceitos e criamos estratégias para entender essa modalidade como um ensino presencial online e não a distância” - Reinan Abreu, coordenador de Ensino a Distância da EGPA.

A servidora Sílvia Letícia Lima, assistente administrativa da Escola Jarbas Passarinho, da Secretaria de Estado de Educação do Pará (Seduc), participou do curso “Ferramentas para transmissão de vídeo aula EaD” oferecido pela EGPA logo no início da pandemia e afirma que esse foi só o primeiro de muitos que pretende participar. 

“O curso foi muito produtivo e de fácil acesso. Consigo aplicar os ensinamentos no dia a dia do trabalho. Os cursos da EGPA são uma excelente oportunidade para os servidores que buscam atualizar os conhecimentos, porque abrangem muitas áreas de ensino”, conta a servidora da Seduc.

Em 2019, foi implantado o Projeto Laboratório de Inovação em Educação na EGPA, com o intuito de formar professores inovadores e mediadores para EaD, o que foi importante para que conseguissem dar continuidade ao trabalho no período de pandemia. “A Escola vem recebendo investimentos, sobretudo, em equipamentos para o estúdio. O Governo busca consolidar o nosso projeto de educação a distância”, assegura o coordenador.

A EGPA se mantém aberta ao diálogo com servidores para compreender as necessidades e disponibilizar capacitações que atendam as mais diferentes temáticas. Um dos principais enfoques da Escola, segundo o coordenador, foi a educação tecnológica, a partir do letramento digital. “Precisamos superar o tabu da palavra tecnologia e torná-la cada vez mais fácil e acessível”, explica.    

CURSOS EM ANDAMENTO

Cerca de 6 mil servidores estão participando, atualmente, de algum tipo de capacitação na plataforma da EGPA. Os cursos de Políticas Públicas e o Ciclo Orçamentário; Autismo; Educação Inclusiva; Qualidade de vida no trabalho no serviço público; Da violência doméstica ao feminicídio ou homicídio: o compromisso e atuação da gestão pública nessa temática; Metodologias ativas: ensino híbrido e aprendizagem baseada em projetos; Design Thinking: ferramenta para inovação; Ferramentas de transmissão para vídeo aula, entre outros, estão em andamento na Escola. 

DESTAQUES

A equipe EaD da EGPA, em 2020, apresentou projetos em eventos nacionais e internacionais, com palestras no VI Seminário Nacional de Inclusão Digital (Senid), no ‘II Seminário Virtual de Escolas de Governo: compartilhando experiências’, no Webibnar nacional da SM Educação “Sobre o retorno à escola após a pandemia”, no 3º Congresso Internacional de Rede de Cooperação Internacional de Educação a Distância (EaD) e no 17º Workshop NPT (National Pipe Taper) de Educação a Distância.

O lançamento do Programa de Capacitação em Autismo do Estado do Pará com a transmissão do Webinário “Capacitar para incluir: um olhar sobre o autismo”, é uma das estratégias do Governo, que visa o aperfeiçoamento de políticas públicas e processos inclusivos e alcançou mais de 1300 certificados e 1928 visualizações.

Serviço:

Para conhecer os cursos com inscrições abertas e as futuras capacitações é só ficar atento ao site da EGPA e as redes sociais Facebook, Youtube, Instagram e Twitter.

Por Giovanna Abreu (SECOM)