Servidores da Seel doam sangue e participam de campanha do Hemopa

17/11/2020 14h18 - Atualizada em 17/11/2020 14h31
Por Bianca Rodrigues (SEEL)

O compromisso com a solidariedade motivou a participação dos servidores da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel), nesta terça-feira (17), na campanha da Fundação Hemopa intitulada “Instituição Cidadã - Todos doando sangue”, cujo objetivo é envolver os servidores públicos do Estado nesse ato de amor ao próximo. 

Em data pré-definida, os doadores voluntários se reuniram na sede do órgão e se dirigiram a um dos pontos de coletas do Hemopa, que fica no Shopping Castanheira. “Os funcionários da Seel saíram das suas funções para ajudar a comunidade. E esta é mais uma demonstração de cooperatividade, doando um dia de trabalho por uma boa causa. Essas parcerias e campanhas são sempre importantes para salvar vidas, por isso estamos sempre à disposição para ajudar”, afirma Arlindo Silva, titular da Seel. 

Katyussa DiasKatyussa Dias foi uma das voluntárias que demonstrou toda a solidariedade na iniciativa. “Eu já sou doadora, quando eu recebi o convite na hora me dispus a vir. É um gesto que não nos custa nada e pode valer muito para a vida de alguém que está precisando de uma bolsa de sangue”, destacou a voluntária. 

A Seel é um dos 26 órgãos públicos participantes da gincana, criada pelo Hemopa, em alusão ao Dia Nacional do doador Voluntário de Sangue, comemorado em 25 de novembro.

A assistente social do Hemopa, Rosely Neves, falou da importância das parcerias, que contribuem para que o estoque se eleve, cumprindo a missão da Fundação. “Essas parcerias são fundamentais. Nós temos diariamente uma demanda enorme de todas as instituições de saúde, por isso a importância dessa união para salvar vidas. Ter a Seel conosco faz com que sirva de estímulo para outros órgãos públicos e privados”, ressalta Rosely Neves. 

Para ser um candidato à doação de sangue é preciso ter entre 16 e 69 anos (menores devem estar acompanhados do responsável legal), ter mais de 50 quilos, estar bem de saúde e portar documento de identificação oficial, original e com foto.