Inscrições para o 'Canta Servidor' da EGPA iniciam nesta sexta-feira

16/10/2020 15h05 - Atualizada em 16/10/2020 15h18
Por Isabela Quirino (EGPA)

O Governo do Pará, por meio da Escola de Governança Pública do Estado do Pará (EGPA) inicia nesta sexta-feira (16) as inscrições para o ‘Canta Servidor’, 2ª Mostra de Música do Servidor Público. A programação tem como objetivo reconhecer e divulgar o trabalho artístico de servidores que compõem, tocam e cantam. Para a programação, as músicas inscritas devem ser inéditas e originais. 

O evento é desenvolvido pelo Núcleo de Programas de Valorização do Servidor (NPVS) como uma maneira de garantir o reconhecimento integral das habilidades do servidor público, seja profissional ou cultural. “A gestão pública é feita por pessoas e quando incentivamos as incentivamos a buscar uma área artística que traz uma maior sensibilização para a pessoa e uma nova percepção de mundo, trabalhamos com o desenvolvimento deste servidor, uma faceta diferente do treinamento realizado pela EGPA”, destaca o coordenador do NPVS, Lucílio Nery.

As inscrições serão divididas por quatro regiões: Região Metropolitana de Belém; Região Nordeste e Sudeste; Região do Baixo Amazonas e Sudoeste; e Região do Marajó. Os servidores deverão se candidatar por região, consultando no regulamento em qual delas o seu município de origem está inserido. Os servidores municipais podem se inscrever desde que o acordo de cooperação técnica do município com EGPA esteja válido até dezembro de 2020. A lista com os municípios com acordo vigente também consta no edital. Quaisquer servidores com vínculo estadual estão aptos para a inscrição. 

Os servidores interessados devem se inscrever por meio de formulário eletrônico, disponível no site da Escola de Governança. “Pretendemos evitar o envio de documentação física neste ano, então fizemos um formulário online, como descrito em edital, que pede as principais informações do servidor, em seguida, alguns documentos devem ser encaminhados pelo próprio formulário ou para o e-mail indicado no edital”, afirma Lucílio. 

Após o envio das documentações necessárias, a comissão do evento selecionará três servidores por região para a final. Caso uma das regiões não preencha as três vagas destinadas à final, elas serão direcionadas à região com maior número de inscritos. 

A final será realizada presencialmente em Belém e todos os servidores de outras regiões selecionados para a final terão as despesas cobertas pela EGPA. A premiação é de mil reais para os doze finalistas, e quatro premiações de R$ 5 mil para o primeiro lugar de cada região. 

O horário e o local do evento serão definidos e divulgados posteriormente. "Estamos organizando o evento pensando na segurança de todos. Queremos dar ao servidor a estrutura que ele merece, para se apresentar, em espaço adequado", enfatiza a diretora geral da EGPA, Evanilza Marinho.

Neste ano, a EGPA também disponibilizou um link para um grupo de whatsapp para servidores que desejam tirar suas dúvidas sobre as inscrições. O servidor interessado em participar pode entrar por aqui.