CPH orienta usuários no Terminal Hidroviário de Belém para festividades do Círio de Nazaré

Na semana entre 5 e 12 de outubro, cerca de 14 mil passageiros devem passar pelo THB

02/10/2020 10h53 - Atualizada em 02/10/2020 11h29

Mesmo sem as tradicionais procissões, as festividades do Círio de Nazaré devem movimentar a chegada de romeiros à capital paraense, vindos principalmente do interior do Estado. A Companhia de Portos e Hidrovias (CPH), que administra o Terminal Hidroviário de Belém (THB), vai atuar na orientação dos usuários para que utilizem máscaras e álcool gel como formas de prevenção à covid-19. 

Na semana da festa religiosa, entre 5 e 12 de outubro, a CPH estima receber cerca de 14 mil passageiros no THB, 40% a menos que em 2019, quando mais de 20 mil pessoas passaram pelo local.

"Sempre lembramos que ainda estamos em meio a uma pandemia, então vamos orientar nossos usuários para que cumpram as normas de segurança, a fim de evitar o novo coronavírus. Acreditamos que, mesmo sem as procissões, muitos usuários devem desembarcar em Belém para prestar homenagens à Nossa Senhora de Nazaré ou visitar parentes. Apesar disso, o movimento deve ser menor que o registrado no ano passado" - Caio Ribeiro, administrador de Portos da CPH.

Em 2019, a Companhia registrou 20.213 mil usuários na semana do Círio (8 a 14 de outubro), o que representou uma média de três mil passageiros por dia. O maior número de desembarques foram do Camará, seguido de Macapá (Amapá), Soure, Ponta de Pedras e Cachoeira do Arari. Os municípios do Marajó também devem responder pela maior movimentação de passageiros este ano. A CPH atuará com agentes e fiscais que prestarão auxílio aos usuários durante todos os dias da semana, nos turnos da manhã e da tarde.

Veja as orientações da CPH:

- Utilizar máscara e fazer uso do álcool gel quando necessário;
- Respeitar o distanciamento de segurança;
- Chegar uma hora antes do embarque, tanto intermunicipal quanto interestadual;
- Comprar passagens de empresas regularizadas junto à Arcon;
- Cuidar dos pertences e bagagens;
- Levar documentos para embarque (RG, CNH ou qualquer documento oficial com foto);
- Ao viajar com crianças, levar certidão de nascimento e/ou autorização judicial;
- No caso de dúvidas, solicitar informações de funcionários da CPH identificados com crachás ou coletes do órgão.

Confira aqui o horário de viagens.

Por Bruno Magno (CPH)