Pará atinge 3ª colocação no isolamento social, nesta quinta-feira (21)

22/05/2020 13h13 - Atualizada em 22/05/2020 14h23
Por Laís Menezes (SEGUP)

Desde domingo (10), já foram aplicadas 4.289 multas para quem foi identificado circulando em via pública sem necessidade comprovadaO Pará ficou na 3ª colocação no ranking nacional de isolamento social nesta quinta-feira (21), alcançando o índice de 48,6%, ficando atrás de Amapá (55,10%) e  Acre (48,79%), estados que também estão cumprindo lockdown. A quinta-feira também foi o quarto dia de pagamento da segunda etapa do auxílio emergencial do Governo Federal, o que tem levado um número maior de pessoas às ruas.

Todas as unidades da federação continuam não atingindo a taxa recomendada pela Organização Mundial de Saúde (OMS), que indica o mínimo de 70%, para que possa diminuir o número de infectados pelo novo coronavírus. Os dados foram divulgados pela Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), por meio da Secretaria Adjunta de Inteligência e Análise Criminal (Siac).

O Secretário de Segurança Pública Ualame Machado destaca que o Estado, assim como as demais unidades da federação, precisa melhorar os índices para combater a pandemia e evitar que mais pessoas possam adoecer. “Nós estamos tendo uma semana em que a nossa colocação tem oscilado, isso se dá por conta do auxílio emergencial, devido a muitas pessoas precisarem se deslocar a bancos e lotéricas, desde o início da semana. Por isso, nós reforçamos ainda mais as fiscalizações, orientamos para que as pessoas mantenham o distanciamento e usem máscaras e, quem puder, fique em casa”, enfatiza.

Penalidades - De 00h01 às 23h59 da quinta-feira (21), 463 multas foram aplicadas por desobediência ao lockdown, sendo 449 para pessoas físicas e 14 para pessoas jurídicas. Belém registrou o maior número de ocorrências, totalizando 196 multas.

Na Região Metropolitana, incluindo os distritos, os bairros com mais penalidades foram: Parque Verde (35), Maracangalha (12) e Cidade Nova lV (9). A quinta-feira foi o décimo segundo dia de autuação, após três dias de trabalho educativo. O lockdown foi prorrogado até o próximo dia 24, permanecendo suspensas as atividades não essenciais e com restrição de circulação de pessoas pela cidade.

Do domingo (10) até esta quinta-feira (21), 4.289 multas já foram aplicadas para quem foi identificado circulando em vias públicas sem necessidade comprovada.

Municípios – De acordo com o levantamento, ao analisar as cidades paraenses, os três melhores índices de isolamento na quinta-feira (21) foram nos municípios de: Anajás (63,3%), Nova Esperança do Piriá (65,8%) e Tucuruí (60,6%). Já os piores índices foram registrados em Sapucaia (25%), Água Azul do Norte (28,7%) e Oriximiná (30,6%).

Em Belém, incluindo os distritos, os bairros com as maiores taxas de pessoas em casa foram: Marambaia (63,2%), Souza (62,8%) e Umarizal (62%). Já onde as pessoas desobedeceram a recomendação de ficar em casa, registrando um baixo índice de isolamento, foram: Curió-Utinga (14,3%), Maracacuera (25,3%) e São João do Outeiro (33,3%).
Em Ananindeua, os melhores índices foram registrados nos bairros Centro (55,5%), Cidade Nova VI (55,5%) e Coqueiro (55,1%). Já os piores índices observados foram nos bairros Águas Lindas (35,4%), Maguari (36,1%) e Júlia Seffer (37,1%).
 
Nas 16 cidades onde ocorre o lockdown, os índices foram: Belém (50,3%), Ananindeua (47,9%), Marituba (45,8%), Santa Izabel (44,2%), Santa Bárbara (47,4%), Benevides (48,7%), Castanhal (47,2%), Vigia (50,1%), Santo Antônio do Tauá (47,2%), Breves (54,6%), Abaetetuba (53,1%), Parauapebas (50,3%), Cametá (49,6%), Capanema (48%), Santarém (51,8%), Canaã dos Carajás (47,3%).

Serviço: A porcentagem de isolamento dos 144 municípios paraenses e o monitoramento completo estão disponíveis em um espaço exclusivo sobre os índices no site da Segup.

Índices de isolamento por bairro em Belém na quinta-feira (21):
Melhores: Marambaia (63,2%), Souza (62,8%) e Umarizal (62%).
Piores: Curió-Utinga (14,3%), Maracacuera (25,3%) e São João do Outeiro (33,3%).

Índices de isolamento por bairro em Ananindeua na quinta-feira (21):
Melhores: Centro (55,5%), Cidade Nova VI (55,5%) e Coqueiro (55,1%). 
Piores: Águas Lindas (35,4%), Maguari (36,1%) e Júlia Seffer (37,1%).

Confira o índice de isolamento social nos 16 municípios onde está ocorrendo o lockdown:
Belém (50,3%)
Ananindeua (47,9%)
Marituba (45,8%)
Santa Izabel (44,2%)
Santa Bárbara (47,4%)
Benevides (48,7%)
Castanhal (47,2%)
Vigia (50,1%)
Santo Antônio do Tauá (47,2%)
Breves (54,6%)
Abaetetuba (53,1%)
Parauapebas (50,3%)
Cametá (49,6%)
Capanema (48%)
Santarém (51,8%)
Canaã dos Carajás (47,3%).