Governo entrega melhoria no abastecimento de água e beneficia cerca de 900 mil pessoas

A obra, importante para a saúde da população de Belém e parte de Ananindeua, integra o plano de recuperação da Cosanpa

21/03/2020 11h09 - Atualizada em 21/03/2020 13h47
Por Tayná Horiguchi (COSANPA)

O governador Helder Barbalho na Estação de Tratamento do Bolonha, que beneficia usuários em Belém e AnanindeuaUm investimento acima de R$ 150 milhões, feito pelo Governo do Estado para melhorar o abastecimento de água e beneficiar quase 900 mil moradores de Belém e Ananindeua, foi entregue na manhã deste sábado (21) pelo governador Helder Barbalho: a Estação de Tratamento do Bolonha (ETA), obra que integra a 1ª etapa do Complexo Bolonha, responsável por 65% do abastecimento de água na capital paraense.

Além da ETA, a obra prossegue com a construção de uma Unidade de Tratamento de Resíduos, para tratamento do material produzido na Estação e transformação em adubo, além da instalação de nova subestação elétrica e reforma da elevatória de água tratada.

Helder Barbalho mostra a José Antonio De Angelis, na foto, a ETA inaugurada nos anos 1980Apesar de sua importância para os usuários – principalmente nos cuidados com a saúde – a obra se arrastou por décadas. A 1ª etapa da Estação de Tratamento do Bolonha foi inaugurada nos anos 1980, pelo então governador Jader Barbalho. Em 2016, foi aprovado o projeto para reforma desta etapa da ETA, com previsão de entrega para setembro de 2018. No entanto, o prazo não foi cumprido. Em 2019, o atual governo, por meio da Companhia de Saneamento do Pará (Cosanpa), acelerou o ritmo das obras, para concluir o investimento de R$ 155 milhões.

O presidente da Cosanpa, José Antonio De Angelis, destacou a importância da obra para moradores da Região Metropolitana de Belém, já que a Estação Bolonha atende a capital e parte do município de Ananindeua. “Eu estou há oito meses à frente da Companhia e o sentimento, hoje, é de gratidão. Desde que chegamos, nos empenhamos em terminar essa obra que é importante para a população, para que os moradores de Belém tenham água de melhor qualidade e em maior quantidade. Temos essa obra para mostrar que a Cosanpa mudou. Essa estação estava abandonada, sem equipamentos, sem automação, e hoje está com filtros, válvulas, registros, todos os equipamentos novos e em funcionamento”, ressaltou o presidente.Ato de entrega da obra, que representa um investimento superior a R$ 150 milhões feito com recursos do Estado

Credibilidade - O governador Helder Barbalho, desde o início da atual gestão, determinou a recuperação da Cosanpa, que registrava um prejuízo de mais de R$ 240 milhões. “Essa reconstrução é fundamental no momento em que estamos fazendo ações para recuperar a Cosanpa, a credibilidade da empresa e a qualidade do serviço, que ainda carece de muitas melhorias. Essa obra não irá resolver todos os problemas. Valorizo o trabalho de todos os funcionários da Cosanpa, e estou muito feliz por entregar esta grande conquista. Uma conquista que iniciou com o governador Jader Barbalho, na década de 1980, e durante muitos anos não passou por manutenção e não recebeu investimento. A população e a demanda aumentaram, o que resultou em problemas graves de abastecimento. Com essa obra, e outras que estão em andamento, vamos melhorar a oferta de água para a população, que é um direito e tão importante nesse momento de prevenção ao Coronavírus”, frisou o governador.

Com sistema automatizado, a ETA do Bolonha integra um conjunto de obras para melhoria do abastecimento de águaHá 37 anos trabalhando na Cosanpa, o operador de máquinas Epifânio Viana viu a inauguração da 1ª etapa da Estação, e agora acompanhou a entrega da reconstrução. “Ao longo desses mais de 30 anos, eu vi a Estação ficar sucateada. Nada prestava mais, equipamentos não funcionavam. E quando a obra de reforma foi anunciada, andou muito devagar; tinha pouca gente trabalhando. Em 2019, quando mudou o governo, essa obra andou realmente. Agora, já dá vontade de vir trabalhar todos os dias!”, afirmou Epifânio Viana.

Na próxima semana, a Cosanpa entregará o Sistema Beija-Flor, no município de Marituba (Região Metropolitana de Belém) com quase duas mil ligações domiciliares, hidrômetros e 24 quilômetros de rede. A obra vai melhorar a vida de quase 40 mil moradores do município. Já no bairro Água Boa, no Distrito de Outeiro, em Belém, a Companhia vai inaugurar a ampliação do setor de abastecimento de água, para beneficiar mais de 20 mil usuários.

Também participaram da entrega da obra o vice-governador Lúcio Vale, parlamentares e técnicos da Cosanpa.