Estado recebe reivindicações de motoristas de transporte alternativo

14/01/2020 20h09 - Atualizada em 14/01/2020 21h25
Por Carol Menezes (SECOM)

O governador Helder Barbalho se reuniu na tarde desta terça-feira (14) com membros do Sindicato das Cooperativas e Associações de Transporte Alternativo e Complementar do Estado do Pará (Sincat) para discutir demandas apresentadas pela categoria, dentre as quais a viabilidade de concessão de uma linha de crédito e isenção fiscal para os trabalhadores na aquisição de novos veículos. As propostas serão tema de uma reunião entre o governador e a direção do Banco do Estado do Pará (Banpará), nesta quarta-feira (15).

O governador Helder Barbalho (c) recebeu homenagem dos membros do SincartDe acordo com o presidente do Sincat, Júnior Dicasa, a categoria enfrenta dificuldades para comprovar renda quando precisa renovar a frota, daí a reivindicação de uma linha específica de financiamento. Os sindicalistas aproveitaram a ocasião para apresentar outras reivindicações ao governador, como a não obrigatoriedade de assinatura da carteira profissional para motorista auxiliar e a hereditariedade de dívidas herdadas pelos familiares em decorrência da atividade profissional.

"Os pontos que discutimos com o governador representam as necessidades de trabalhadores de todo o Estado. Somos uma força de muita importância, que supre o que o transporte convencional não consegue dar conta. O fato de o governador estar disposto a reconhecer isso e colaborar com a categoria representa um grande marco nessa parceria com o Estado", destacou Júnior Dicasa.

Em reconhecimento ao canal de diálogo mantido pelo governo do Estado com a categoria, os membros do Sincat concederam ao governador Helder Barbalho o título de patrono da entidade, e entregaram uma placa de agradecimento.