Acordo com Defensoria garante prédio para o CPCRC em Marabá

A unidade predial cedida pela defensoria vai servir para abrigar provisoriamente os servidores.

11/11/2019 15h41 - Atualizada em 11/11/2019 17h20
Por Alexandre Cunha (CPC)

O Centro de Perícias Científicas Renato Chaves (CPCRC) recebeu da Defensoria Pública do Estado uma unidade predial de propriedade daquele órgão, no município de Marabá. O termo de cessão foi firmado na manhã desta segunda-feira (11), durante a reunião do Conselho Estadual de Segurança Pública (CONSSEP), entre o diretor geral do CPCRC Celso Mascarenhas, o secretário de segurança Ualame Machado e a defensora pública geral, Jeniffer de Barros Rodrigues.

Para o secretário de segurança pública Ualame Machado, a ação da Defensoria é elogiável já que vai contribuir para o trabalho da perícia.

"Esse é mais um exemplo da parceria que a Defensoria tem com os órgãos de segurança", declarou Machado.

"O compromisso da Defensoria é promover a justiça para toda a população paraense. Então, ceder esse prédio para o funcionalismo do Centro de Perícias vai ajudar muito a quem procura o órgão", concluiu a defensora.

A unidade do órgão está em obras, em cumprimento a determinação do Ministério Público do Pará (MPPA) existente desde 2015, que começou a ser atendido na atual gestão e que já está em vias de ser concluída.

Segundo o diretor geral do Centro de Perícias, o prédio cedido pela Defensoria vai atender, mesmo que de forma provisória, a comodidade para o melhor serviço dos peritos criminais da unidade de Marabá.

"Nós da direção do CPCRC agradecemos a Defensoria, que entendeu a necessidade de dar melhores condições de trabalho aos peritos", destacou Celso Mascarenhas.