Graesp treina agentes de segurança que atuarão na Operação Verão 2019

26/06/2019 21h39 - Atualizada em 27/06/2019 09h44
Por Walena Lopes (SEGUP)

O Graesp atua no resgate e salvamento de pessoasUm grupo de 36 alunos do Treinamento de Requalificação de Operador Aerotático, formado por policiais civis, militares e bombeiros, além de médicos e enfermeiros da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), foi certificado na tarde desta quarta-feira (26). O treinamento foi realizado pelo Grupamento Aéreo de Segurança Pública do Estado do Pará (Graesp), por meio da Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), com o objetivo requalificar e aprimorar os agentes de segurança que participam de ações de resgate e salvamento com aeronaves.

"A finalidade do curso foi reciclar e aprimorar nossa equipe de tripulantes, além dos médicos e enfermeiros que fazem parte das operações aerotáticas de salvamento e resgate. Intensificamos esse treinamento, especialmente para preparar os nossos agentes nas ações desenvolvidas durante a Operação Verão", informou o delegado Nelson Sobreira, coordenador de Segurança Operacional do Graesp.

Disciplinas específicas - Com carga horária de 180 horas, dividido em três turmas, o curso foi realizado no município de Terra Alta, no nordeste paraense, onde os alunos puderam aprimorar o conhecimento na área de operações aerotáticas. As aulas foram ministradas por operadores do Grupamento Aéreo, e contaram com disciplinas específicas sobre preparação e capacitação de tripulantes, explicou o instrutor de tiro embarcado, cabo Bruno Gaspar, operador aerotático do Graesp.

"Uma gama de conhecimentos foi revista durante o treinamento, em um processo de requalificação contínua para a formação de um operador aerotático, como a utilização de rapel, treinamentos voltados aos resgates aquáticos e em terra firme. Tivemos também aulas de combate a incêndio e treino embarcado, tudo voltado para que esse agente pudesse se qualificar com o objetivo de melhorar sua atuação e o atendimento oferecido à sociedade", ressaltou o instrutor.

Para o 3º sargento PM Edir Carlos Quaresma, que atua há 12 anos no Graesp, o treinamento é importante para aprimorar o trabalho já realizado e manter a equipe de tripulantes preparada para atuar nas operações de segurança pública. "Nosso trabalho é conduzir e resgatar a população em situações onde é necessário o transporte aéreo para dar apoio e realizar salvamentos e resgates. Com essa reciclagem, nós poderemos atuar de forma mais segura, especialmente durante o período de veraneio, onde as atividades ganham uma maior intensidade", frisou o militar.

Operação Verão - Pela primeira vez, desde 2014, o Grupamento Aéreo de Segurança Pública realiza essa capacitação, que teve como principal objetivo preparar e reforçar a equipe de agentes que atuarão na Operação Verão deste ano. "Nossa equipe de agentes é, na sua maioria, formada fora do nosso Estado. A realização desse curso no Pará é uma conquista muito positiva para nós, que estamos à frente das operações e sabemos da importância em preparar os agentes, para que eles possam atuar de forma segura, resguardando, em primeiro lugar, as suas vidas, e atender a população de forma eficaz e ainda mais segura", enfatizou o coronel Armando Gonçalves, diretor do Graesp.

O secretário adjunto de Operações, Rômulo Rodovalho - representando o secretário de Segurança Pública, Ualame Machado – destacou na solenidade de certificação a importância dos investimentos em capacitações e treinamentos na área operacional. "Ficamos muito satisfeitos em realizar essa reciclagem, especialmente em atender aos nossos agentes que atuam diretamente nas ações operacionais do Grupamento Aéreo. Na área operacional é de extrema importância rever conceitos e atualizar, constantemente, os envolvidos diretamente nessa atividade. Nosso intuito é oferecer periodicamente esse tipo de formação, dentro do nosso Estado, para que eles possam estar preparados para auxiliar e agir, sobretudo, de forma segura, resguardando suas vidas e a vida da população", acrescentou Rômulo Rodovalho.