Hemopa comemora números de doações de sangue na campanha junina

13/06/2019 14h14 - Atualizada em 13/06/2019 16h01
Por Vera Rojas (HEMOPA)

Em quatro dias de campanha "Junho Solidário - No arraiá do Hemopa tem festa e doação de sangue", a Fundação Centro de Hemoterapia e Hematologia do Pará (Hemopa) superou a meta diária de comparecimentos e coletas de bolsas de sangue ao registrar 1.357 comparecimentos e 1.052 coletas que vão salvar mais de 4,2 mil pacientes internados na rede hospitalar pública e privada do Estado.

A ação que teve início dia 8, encerra nesta sexta-feira (14), Dia Mundial do Doador de Sangue, data em que são realizadas ações pelo mundo todo com a intenção de ajudar a garantir que todas as pessoas, não importa quem sejam ou onde estejam, tenham acesso ao sangue de que precisam.

O jovem casal Mateus Gomes, 21, e Alicia Rapouso, 20, fazem parte do voluntariado que atendeu o apelo da campanha do Hemopa. Namorando há quatro meses, eles decidiram festejar o Dia dos Namorados, ontem (12), compartilhando esse amor com outras pessoas que precisam de doação para sobreviver.

"Escolhemos comemorar a data visando o bem estar de alguém. E como cristão, como alguém que acredita em se doar pelo próximo, não pode ser só de palavras, mas com ato. Então decidimos doar sangue", ressaltou Mateus, que com apenas 21 anos já fez sua terceira doação.

Já Alicia, realizou um antigo desejo: sua primeira doação em uma data muito especial para os dois. "Sempre quis doar sangue, mas nunca tive a oportunidade e convidei o Mateus que topou na hora. Ao doar sangue, estamos fazendo algo que não é pra gente. Dedicar um pouco do nosso tempo para salvar a vida de outras pessoas é muito gratificante", destacou a estudante de Odontologia.

A gerente de Captação de Doadores, a assistente social Juciara Farias, comemora e agradece aos voluntários pelo saldo da campanha até o dia 12, ao superar as metas diárias previstas pela Gecad: 300 comparecimentos e 200 coletas. A campanha conta a parceria de instituições parceiras pública e privada.

"Isso é fundamental para o sucesso de nossas ações em favor da doação voluntária de sangue e, nesse processo, a contribuição do corpo funcional das unidades hospitalares também é muito importante para que nos ajude a garantir o atendimento pleno das solicitações transfusionais. Nosso muito obrigada a todos os envolvidos na campanha", destacou.

O doador de sangue, Luiz Carlos Neves da Cunha,47, já fez a sua parte para ajudar a reforçar o banco de sangue do hemocentro paraense. Ele doou e trouxe sua esposa junto. "Sempre doei sangue e incentivei ela a doar também, e sempre que venho ao Hemopa, ela me acompanha na doação. É um momento de descontração e amor que temos e distribuímos com quem realmente precisa desse sangue para viver", disse o agente de portaria, que doa sangue há mais de 10 anos.

Dia Mundial do Doador - A solenidade em homenagem ao doador de sangue será de 9h às 11h, na sede do Hemopa, na Batista Campos, e contará com a presença dos representantes das 19 escolas que participaram da gincana pela doação de sangue. Haverá entrega de Placas Bronze, Prata e Ouro para os três primeiros lugares e entrega de certificados Selo Solidário 2019 para os demais estabelecimentos.

Durante o evento haverá ainda programação cultural e lúdica ao receber a Turma da Mônica que vai distribuir a todos os presentes, gibi de incentivo à doação de sangue voltado para o público infantil e juvenil com o intuito de mostrar que a doação de sangue não é um bicho de sete cabeças. O gibi, que oferece um conteúdo educativo e lúdico, é de autoria de Maurício de Souza, escritor e pai da mais animada e conhecida dos quadrinhos no Brasil.

O projeto é resultado da parceria da Maurício de Sousa produções com a Coordenação Geral de Sangue e Hemocomponentes, do Ministério da Saúde, e hemocentros de todo o país. Está programada ainda, uma homenagem ao servidor vencedor da gincana interna de doação de sangue, para encaminhamento de candidatos à doação de sangue. O primeiro lugar vai receber certificado e homenagem com sua foto na área de doação de sangue.

Parceria - A Polícia Civil, por meio da Diretoria de Atendimento ao Servidor (DAS), participou, nesta quinta-feira (13), da campanha de doação de sangue em alusão ao Dia Mundial do Doador de Sangue. Servidores da Delegacia-Geral, da Divisão de Homicídios, da Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) e da Seccional de São Brás se dispuseram a salvar vidas.

A titular da DAS, delegada Socorro Bezerra, disse que, antes da ação, os doadores passaram por uma triagem, realizada pelo Hemopa. "Até quem já é doador, foi avaliado antes da doação. A campanha é aberta para todos, bastando que as pessoas se enquadrem no perfil e nas normas estabelecidas pelo Hemopa".

Para a assistente social do Hemopa, Alessandra Leite, "a Polícia Civil é um órgão que cuida, também, da segurança da população. Esse olhar do servidor público enquanto cidadão, visando a questão social, é muito importante".

(Com informações da Polícia Civil)