Avanço tecnológico marca os 128 anos do Diário Oficial do Pará

10/06/2019 12h44 - Atualizada em 10/06/2019 19h02
Por Ronaldo Quadros (IOE)

Nesta terça-feira (11), o principal produto da Imprensa oficial completa 128 anos de serviços prestados ao estado do Pará. Ao longo dos anos, o matutino editado pela Imprensa Oficial do Estado passou por diversas mudanças. A mais significativa é que desde o dia 1º de março deste ano, passou a ser 100% digital.

Edição de papel deu lugar a moderna versão digitalA mudança para o modelo online fez a Imprensa investir em equipamentos e aplicativos de segurança para garantir a integridade dos sistemas envolvidos em todo o processo de criação e disponibilização do jornal.

Com esse novo modelo, a autarquia passou a utilizar um sistema de fácil impressão para leitores domésticos, com assinatura digital nos arquivos e a disponibilização dos arquivos em provedores de nuvem, confiáveis no mundo todo.

A principal vantagem desse novo modelo é a economia de papel e tinta, além de ser possível controlar todas as etapas do fluxo de produção do jornal, e fazer auditorias especificas para obter melhorias pontuais no sistema online.

O fluxo do Diário Digital começa com o sistema eDiário, por onde são recebidos os conteúdos enviados pelos órgãos do governo a serem publicados no DOE. Em seguida são gerados protocolos para garantir que o conteúdo será publicado.

Com a mudança, o leitor passou a confiar mais no arquivo digital disponibilizado, uma vez que os dados armazenados em dispositivos móveis tendem a permanecer apenas digitais.

"Além disso, estamos ampliando cada vez mais o número de visitas do portal, que em 2018 chegou há um pouco mais de 5 milhões de acesso, e nos quatro primeiros meses deste ano, após a mudança, já ultrapassou os 3 milhões com o Diário Oficial totalmente digital", informou o presidente da autarquia, Jorge Panzera.

A perspectiva, explicou ele, é chegar esse ano aos 10 milhões de acesso. "Para nós é uma conquista importante, e as comemorações do aniversário do DOE vão também celebrar essas conquistas", afirmou.

Sessão solene – A comemoração pela passagem dos 128 anos do DOE vai ocorrer no dia 27 de junho, quando será realizada uma sessão solene na Assembleia Legislativa do Pará, com a presença de diversas autoridades locais e de outros estados, como representantes da Associação Brasileira de Imprensas Oficiais (ABIO).

Impresso pela primeira vez em 1891, o Diário Oficial se afirmou ao longo de sua história como veículo de comunicação eficaz por meio do qual a imprensa Oficial efetiva o preceito constitucional de dar publicidade e transparência aos atos praticados pela administração pública.

"Não há sistema democrático sem que seja observado o princípio da publicidade aplicado à administração pública. Por se tratar de atividade pública da administração, os processos que o poder público desenvolve devem estar abertos a todos os cidadãos. Portanto, não é admissível que existam atos sigilosos e confidenciais", pontuou Panzera.

Para ele, comemorar esses 128 anos de Diário Oficial no Estado, significa celebrar e afirmar princípios essenciais às sociedades democráticas, como o princípio da transparência, sem o qual a democracia seria ilusória.

"Nada mais justo a sessão solene ser realizada na Casa do povo paraense – a Assembleia Legislativa do Estado – espaço onde funcionou a primeira sede da Imprensa Oficial do Estado do Pará - compondo parte relevante de sua história institucional", finalizou o presidente da IOEPA.