Vítimas de incêndio em Belém recebem benefício do Estado

06/06/2019 19h05 - Atualizada em 07/06/2019 11h09
Por Camila Santos (SEASTER)

Cinquenta e uma famílias, vítimas de incêndio em Belém, compareceram ao auditório da Secretaria de Estado de Trabalho e Emprego (Seaster), em Belém, na manhã desta quinta-feira (06), para receber o pagamento de benefício eventual, um auxílio no valor de um salário mínimo, fornecido pelo governo estadual durante três meses, para pessoas que tiveram que enfrentar situações adversas, seja de vulnerabilidade temporária ou calamidade pública.

Antônia Alves, que perdeu sua casa no mês de março deste ano, no bairro da Condor, contou que o auxílio ajuda bastante. "Com o incêndio perdi todos os meus móveis, e o benefício tem me ajudado bastante, principalmente porque eu tenho um filho especial que também precisa de cuidados especiais", disse Antônia Alves.

Já para Alessandra Santos, que também teve sua casa, no bairro do Marco, destruída pelo fogo, o benefício veio em boa hora. "Estou desempregada, moro de aluguel e só o meu marido está trabalhando. O fogo levou todos os meus móveis, documentos, e o auxílio tem nos ajudado a retomar a vida", afirmou.

Agilizar pendências - Durante a entrega, o secretário adjunto de Trabalho e Emprego, Miriquinho Batista, reafirmou a tarefa do Estado, por meio da Seaster, para a concessão assistencial e atendimento aos atingidos. Miriquinho Batista ressaltou a necessidade da Secretaria em agilizar algumas pendências deixadas pela gestão anterior, para que o auxílio fosse efetivado com rapidez.

As famílias que foram notificadas e não puderam comparecer à entrega de hoje poderão se dirigir à Seaster, portando documento com foto, e procurar a Gerência de Finanças da Seaster para receber o benefício.