Segunda fase do projeto Segurança Por Todo o Pará chega a Região Integrada Capim, em Paragominas

26/05/2022 21h33 - Atualizada em 26/05/2022 22h14

Em parceria com os órgãos parceiros do Sistema Público de Segurança  (SIEDS), a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Segup) iniciou nesta quinta-feira, 26, em municípios da 7ª Região Integrada de Segurança Pública (RISP - Capim) a operação "Capim" com policiamento ostensivo ações de fiscalização. 

Integrando o projeto "Segurança Por Todo o Pará", coordenado pela Segup, a operação faz parte das estratégias de segurança voltadas Pará o interior do Estado, percorrendo todas as Regiões Integradas. Em 2022, o projeto encontra-se na segunda fase, a de operacionalização dos planos operacionais com ações táticas envolvendo todos os órgãos estaduais e, também, municipais. 

O lançamento em Paragominas, sede da Risp, no início da noite,  contou com a participação de agentes das polícias Militar e Civil, além de homens do Departamento de Trânsito, do Corpo de Bombeiros Militar, da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), da Polícia Científica do Pará (PCEPA), Polícia Rodoviária Federal, além dos órgãos municipais de trânsito que também contribuem na ação integrada. 

 Serão  realizadas ações de fiscalização, cumprimento de mandados, ações de trânsito, perícias, monitoramento de tornozelados, fiscalização de estabelecimentos e, observação de exploração sexual infantojuvenil.  As equipes presentes no lançamento foram reforçadas das informações definidas em uma reunião operacional ocorrida na última segunda-feira (23). 

O presidente do Comitê Integrado de Segurança Pública da 7ª Risp, Tenente-coronel Dilson Gonçalves, a proposta da operação deve trazer mais segurança para a população da região integrada, estimada em 370 mil. "Todas as ações estão visando intensificar o policiamento preventivo e repressivo em todas as cidades da regional no intuito de combater roubo, furto, tráfico de drogas, tráfico de arma de fogo, bem como também os Crimes ViolentosLetais e Intencionais (CVLI), com isso trazendo mais segurança à população dessas cidades", destacou.

Acompanhando o desenvolvimento e início da operação, o Coronel Castro Alves, do núcleo de planejamento operacional da Segup, frisa a integração das forças que já vem sendo realizado e será reforçado durante as ações. "As forças de segurança já estão bem alinhadas e isso contribuem no sucesso da operação. As ações serão intensificadas nas cidades e nas estradas para evitar o cometimento da prática criminosa e proteger o patrimônio público e privado", pontuou.

Segurança Por Todo o Pará

Descentralizando a gestão, o Programa “Segurança Por Todo o Pará” visa levar representantes da segurança pública estadual às sedes das Risps para identificar as principais demandas da região. No ano passado, o programa percorreu 13 das 15 Regiões Integradas para debater as demandas. A segunda fase foi iniciada em fevereiro deste ano.

Além de Paragominas, integram a 7ª RISP mais cinco municípios: Aurora do Pará, Dom Eliseu, Ipixuna do Pará, Mãe do Rio e Ulianópolis.

Texto: André Macedo (Ascom Segup).

Por Roberta Meireles (SEGUP)