Departamento de Trânsito do Estado inicia transferência digital de veículos

O aplicativo Carteira Digital de Trânsito permite que usuários realizem a transferência do veículo de maneira prática e segura

24/05/2022 12h48 - Atualizada em 24/05/2022 16h03

A transferência de veículos por meio digital já é uma realidade aos usuários do Pará. A tecnologia, desenvolvida pelo Departamento de Trânsito do Estado (Detran), dá celeridade ao processo de venda de veículos entre pessoas físicas.

Através do aplicativo Carteira Digital de Trânsito, os usuários poderão realizar a transferência do veículo de maneira prática e segura, certificada pela plataforma gov.br, do governo federal.

Para realizar o procedimento, o usuário deverá acessar o menu "Veículos" no aplicativo e selecionar a opção "Venda Digital". A partir daí o vendedor inclui o CPF do comprador, que recebe notificação em seu aplicativo e assina digitalmente, formalizando a compra.

Esta operação é transitada para a base de dados do órgão, que recebe, também pelo aplicativo, a comunicação de venda do veículo, ficando a cargo do comprador somente a realização de vistoria e vinda ao Detran para a impressão e pagamento da guia de arrecadação. Depois do processo concluído, estará disponível para o comprador o CRLV digital do veículo adquirido.

"É um compromisso da nossa gestão facilitar o acesso aos serviços do Detran, e a inauguração deste novo modelo proporciona ao cidadão uma transferência menos burocrática e segura", afirma a diretora geral do Detran, Renata Coelho.

Para a realização da transferência, é preciso ter uma conta prata ou ouro na plataforma gov.br, o que garante a lisura de todo o procedimento. Esta conta pode ser adquirida adicionando elementos de segurança à plataforma, como reconhecimento biométrico e facial.

Sem a necessidade da ida ao cartório, a taxa anteriormente paga a eles passa a ser excluída do procedimento, porém os usuários que desejarem continuar utilizando o método vigente ainda poderão fazer sem prejuízo algum.

O diretor de tecnologia e informática do Detran, Inácio Gorayeb, destaca a facilidade que este novo modelo, desenvolvido pelos servidores José Enderson e Pricila Mucelin, proporciona ao usuário. "Este procedimento torna mais rápida e célere a transferência de veículos entre pessoas físicas, gerando uma economia de tempo e recursos financeiros aos cidadãos", destaca.

Por Eduardo Vilaça (DETRAN)