Adepará cadastra apicultores em evento do setor, no final de semana

A iniciativa da Agência de Defesa Agropecuária do Pará (Adepará) ocorreu por meio do Programa Estadual de Saúde das Abelhas

23/05/2022 14h41 - Atualizada em 23/05/2022 16h13

A Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará (Adepará), por meio do Programa Estadual de Saúde das Abelhas (Pesab), realizou neste final de semana o cadastro de 52 criadores de abelhas com e sem ferrão.

O cadastramento ocorreu durante a realização do Apipará, maior evento de apicultura do Estado, que reuniu no município de Primavera, de sexta-feira (20) ao domingo ( 22), uma extensa programação e diversos expositores de mel e derivados. 

Para efetuar o cadastro, os criadores tinham de apresentar RG, CPF e comprovante de residência. “O nosso objetivo é ampliar ainda mais a regularização desses produtores rurais apicultores e meliponicultores para que se possa garantir a efetiva sanidade da cadeia apícola no estado para que o mel produzido no estado possa alcançar mais mercados dentro e fora do país”, disse a médica veterinária Márcia Penna, coordenadora do Programa.

Com apoio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agropecuária e da Pesca (Sedap) e do Serviço Nacional de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) , a 18a edição do Apipará foi uma realização da Prefeitura Municipal de Primavera, no nordeste paraense, da Federação dos Criadores de Abelhas do Pará (Fapic) e do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar).

No estande da Adepará, os técnicos da agência divulgaram as ações do programa e expuseram as atribuições de responsabilidade da defesa e inspeção agropecuária em todo o estado, que tem como objetivo a prevenção, o controle e a erradicação de doenças e pragas.  

De acordo com a Lei 6.712/2005, o cadastro agropecuário é obrigatório e protege a sanidade das colmeias. A regularização da cadeia produtiva é fundamental para garantir a sanidade e qualidade dos produtos derivados do mel, proporcionando segurança alimentar para a população que consumirá produtos inspecionados e registrados e também para a sustentabilidade da atividade apícola e da meliponicultura, que é a criação de abelhas sem ferrão. 

Os criadores que quiserem obter maiores informações sobre o programa devem acessar o site da Adepará (www.adepara.pa.gov.br) ou enviar email para os endereços eletrônicos do programa gpnsab@gmail.com e pesab@adepara.pa.gov.br.

Texto de Rosa Cardoso

Por Manuela Viana (ADEPARÁ)