Pará recebe mais de 190 mil doses de vacinas contra a Covid-19 nesta quarta-feira (08)

Os imunizantes da Janssen serão encaminhados a 136 cidades paraenses de todos os centros regionais, com exceção do 1ª CRS. Já os da Pfizer seguirão para todos os municípios para uso no esquema de primeira e segunda dose

08/12/2021 11h49 - Atualizada em 08/12/2021 12h31

O Pará recebeu, na manhã desta quarta-feira (08), no Aeroporto Internacional de Belém, mais 191.340 doses das vacinas Pfizer e Janssen, sendo 171.990 e 19.350 respectivamente. Até o momento, o Estado já recebeu 13.290.615 doses de imunizantes, distribuídos entre Pfizer, Coronavac, Astrazeneca e Janssen. 

A equipe de Logística da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) recebeu as vacinas no aeroporto e o envio aos Centros Regionais de Saúde deve ocorrer já nos próximos dias por vias terrestre, aérea e fluvial, e contará com o apoio da Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup). Os municípios também vão receber insumos e cada um deles recebe as doses de acordo com o quantitativo populacional e a atual etapa de vacinação. 

“Estamos recebendo neste momento mais uma remessa de Pfizer e Janssen e cada uma delas tem um destino específico segundo o nosso planejamento. A Janssen será encaminhada a 136 cidades paraenses de todos os centros regionais, com exceção do 1ª CRS, e será usada como dose de reforço. Já a Pfizer deve ser encaminhada a todos os municípios para o uso no esquema completo de imunização, ou seja, primeira e segunda dose além da dose de reforço”, explica Daniele Nunes, diretora de Epidemiologia da Sespa. 

A Sespa tem recomendado aos municípios com baixo índice de vacinação que realizem busca ativa principalmente entre as pessoas que não tomaram nenhuma dose. Com a chegada de mais doses, o secretário de Estado de Saúde Pública, Rômulo Rodovalho, acredita que será possível avançar ainda mais no processo de imunização. 

“Estamos realizando uma força-tarefa para que todos os paraenses tenham acesso à vacina, mas é sempre bom destacar que esse é um trabalho em conjunto que precisa também do apoio das secretarias municipais de saúde e da população que não pode deixar de completar o esquema vacinal. Por isso, procurem os postos de saúde mais próximos e fiquem atentos as datas para realizar também a dose de reforço”, ele afirma. 

“Estamos trabalhando em diversas frentes para melhorar os índices de vacinação do estado. Apesar da responsabilidade da execução da vacinação ser dos municípios, o Governo do Estado está atuando na linha de frente em diversas estratégias de vacinação como nas ações do aeroporto internacional de Belém, nas ações do Terpaz, ponto de vacinação na Usipaz, dá suporte direto a 10 municípios prioritários: Altamira, Ananindeua, Cametá, Castanhal, Itaituba, Marabá, Redenção, Santarém, São Félix do Xingu e Tucuruí, que foram selecionados a partir da avaliação dos dados epidemiológicos e de cobertura vacinal. E hoje inicia mais uma estratégia de vacinação itinerante que deverá percorrer todo o Estado nos municípios de menores taxas vacinais”, ressaltou o secretário. 

 

Vacinômetro

Em dados atualizados, até a manhã desta quarta-feira (08), o Vacinômetro da Sespa indica que o Pará já recebeu 13.076.275 doses de imunizantes do Ministério da Saúde. No total, 5.425.460 pessoas tomaram a primeira dose (72,65% de cobertura vacinal), 4.135.677 tomaram a segunda dose (55,38% de cobertura vacinal) e 316.508 pessoas já tomaram a dose de reforço (4,62% de cobertura vacinal). 

No link http://www.saude.pa.gov.br/vacinometro/ a população pode acompanhar o quantitativo dos tipos de vacina recebidos pelo Estado – Oxford/AstraZeneca, Coronavac/Sinovac, Pfizer e Janssen, bem como a quantidade e o percentual de vacinados, doses aplicadas e desempenho dos 144 municípios paraenses no processo de imunização.

Por Caroliny Pinho (SESPA)