Arte e homenagens na comemoração pelos seis anos do Hospital Oncológico Infantil

Contação de histórias, entrega de brinquedos e apresentação de balé fizeram parte da programação

13/10/2021 19h46 - Atualizada em 13/10/2021 23h11

A temática circense – com música, dança, cores e muita alegria – marcou a comemoração pelos seis anos de funcionamento do Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo, em Belém, nesta quarta-feira (13). A celebração começou com a bênção na entrada principal do Hospital, ministrada pelo padre Lucas Altmayer, do Instituto Bom Pastor, seguida pelos agradecimentos da diretoria da unidade.

O Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo é a principal referência no tratamento de câncer infantojuvenil no Norte do Brasil. A Unidade pertence ao Governo do Pará, sendo gerenciado pela entidade filantrópica Pró-Saúde, desde sua inauguração, por meio de contrato com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa).Hospital Oncológico Infantil é referência no Norte do Brasil em sua especialidade

No período de 11 a 15 de outubro, diversas ações integram a programação da Semana da Criança, como contação de histórias, entrega de brinquedos, apresentação de balé, dia da beleza, karaokê dos heróis, encenação de grupo musical e apresentação de trupe teatral.

Segundo o diretor Hospitalar do Hospital Oncológico Infantil, Fábio Machado, os números de atendimento ao longo desses seis anos são expressivos. “Atingir mais de 1,8 milhão de atendimentos com a oferta de diferentes serviços na oncologia pediátrica nos dá a certeza de que estamos no caminho certo, e que muitas conquistas obtidas tiveram o apoio de todo o nosso time de profissionais, que trabalham com dedicação e amor pelo que fazem”, destacou.

Sonho - Um dos momentos marcantes da programação foi protagonizado pela adolescente Larissa Lobato, 16 anos. Natural de Macapá (AP), há três anos a paciente faz tratamento contra leucemia. Larissa cursa o 8º ano do ensino fundamental e tem o sonho de ser policial de elite, e integrar o Batalhão de Operações Especiais (Bope).

“Eu sempre sonhei em ser policial. Eu não esperava isso. É muita emoção em poder ver eles de perto. Eu só via de longe. Eu admiro o trabalho deles. Eu vou me dedicar para chegar aonde eles chegaram. Eu quero ser igual a eles”, disse Larissa, ao receber a visita de um agente do Bope, o tenente PM Bruno Farah. “Cada um de nós, nesta profissão, teve uma história de superação. Você terá a sua, e estamos felizes e honrados em ter você como nossa admiradora”, retribuiu o policial.

Na brinquedoteca do Hospital, enfermeiros, médicos, técnicos de enfermagem, auxiliares administrativos e demais funcionários de outras áreas assistiram às apresentações de dança moderna e à homenagem a profissionais que também completaram seis anos de atividades na unidade.

Alunos e professores da Classe Hospitalar ressaltaram os valores adotados na instituição.

Atendimentos - Até setembro deste ano, o Hospital Oncológico alcançou 1.884.319 atendimentos. Entre esse total estão 2.741 cirurgias; 8.337 internações; 92.262 consultas ambulatoriais; 174.465 sessões de quimioterapia; 459.308 atendimentos multiprofissionais (Fisioterapia, Fonoaudiologia, Psicologia, Serviço Social e Terapia Ocupacional) e 1.044.813 exames.

No último dia 23 de setembro, o Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo foi recomendado, com louvor, pelos avaliadores da Fundação Vanzolini para a renovação do certificado Acreditado com Excelência ONA.

Em outubro de 2019, a unidade recebeu pela primeira vez a acreditação ONA 3, certificação concedida pela Organização Nacional de Acreditação – ONA, entidade não governamental e sem fins lucrativos que atesta o alto padrão de qualidade de serviços e segurança assistenciais, com ênfase na segurança do paciente.

Texto: Emanuel Jadir – Ascom/Hospital Oncológico Infantil

Por Governo do Pará (SECOM)