Seaster realiza capacitação para entrevistadores do Cadastro Único de Ananindeua e Marituba

O CadÚnico tem um papel fundamental para programas sociais de transferência de renda e segurança alimentar, e a Secretaria prima pelo bom atendimento do público

16/09/2021 15h57 - Atualizada em 16/09/2021 17h02

Através do trabalho conjunto entre Governo Federal e Estadual, a Secretaria de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster) promove capacitações para agentes do Cadastro Único (CadÚnico) que atuam no municípios do Pará. A capacitação garante atendimento responsável à população que busca acesso aos benefícios sociais. 

A Diretoria de Renda, Cidadania e Combate a Pobreza, da Seaster, realiza no mês de setembro, uma série de capacitações em diversas regiões do Pará, como parte do plano anual de trabalho. Entre os dias 15 e 17, é a vez município de Ananindeua sediar mais uma edição.

Uma equipe formada por técnicos da Seaster se concentra no prédio do Cadastro Único do bairro de Águas Brancas, em Ananindeua, para ministrar a capacitação para uma turma de 22 entrevistadores sociais dos municípios de Ananindeua e Marituba. A primeira capacitação realizada, este ano, no município.

“A turma é muito participativa e atenta. Respondemos muitas dúvidas colocadas por eles e reforçamos as normas deste trabalho. Essa turma é formada por entrevistadores da região metropolitana e são eles os que mais recebem demandas por atuarem na região onde há o maior número de beneficiários”, explica a gerente do Cadastro Único da Seaster, Thaiana Nascimento.

A secretária de Assistência Social de Ananindeua, Mariza Lima, esteve presente durante o curso e expressou satisfação em receber a formação aos agentes que atuam no município. “O CadÚnico é a porta de entrada da assistência social, e entendemos que essa capacitação é de extrema importância para que os nossos servidores sejam orientados com as atualizações referentes a este trabalho, promovendo um melhor atendimento de nossos munícipes e suprindo demandas que ficaram inviáveis por conta da pandemia”, informou a secretária.

Andrea Alves é entrevistadora e uma das participantes da formação, ela reforça a importância de estar participando deste momento. “A cada dia, novas situações ocorrem durante o nosso atendimento, por isso é muito importante estarmos sempre recebendo formação, para estarmos atualizados e sempre capacitados para melhor atender a população de forma responsável”, disse ela.

Além da capacitação voltada aos entrevistadores, a Seaster também prestou assessoramento técnico aos gestores e promoveu uma reunião integrada com a equipe, a fim de tratar sobre recursos, condicionalidades e todas as ações de gestão englobadas pelo Cadastro Único e Programa Bolsa Família. 

A capacitação no município de Ananindeua encerra na próxima sexta-feira (17) e será retomada no dia 19 de setembro, no município de Soure, no Marajó.

*Texto de Yuri Granha. 

Por Camila Santos (SEASTER)