Grupamento Aéreo transporta mais vacinas neste sábado, 31

31/07/2021 13h27

Neste sábado (31), ocorreu mais uma etapa da operação logística de vacinas contra Covid-19 realizada pelo Grupamento Aéreo de Segurança Pública (Graesp) em atenção à Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). A entrega, que iniciou ontem (30), concluiu com entrega de 740 imunizantes para dois municípios do Arquipélago do Marajó.

Para a etapa realizada hoje, foi empregada uma aeronave, um helicóptero que levantou voo pela manhã diretamente do hangar do Grupamento, em Belém. Foram contemplados os municípios de Afuá e Chaves, com imunizantes de AstraZeneca.

Nessas duas localidades o transporte acontece através dos rios, durando em média de três a quatro dias e com uso de aeronaves esse tempo diminui para uma hora. Para o Coronel Armando Bittencourt, da coordenadoria de Operações do Graesp, é importante garantir a celeridade nas entregas desses imunizantes. 

“Nessas cidades situadas no Arquipélago do Marajó como Afuá e Chaves o acesso é unicamente por via marítima. Com uso do nosso helicóptero temos a vantagem de diminuir o tempo de deslocamento e pousar em locais que não há pista de pouso para aviões, por exemplo. Assim, o Graesp vem realizando essa missão de suprir essas comunidades que necessitam da vacina”, destaca.

A entrega das vacinas é importante também para o trabalho de imunização que a Sespa tem realizado juntamente aos municípios, explica o Secretário de Estado de Saúde Pública do Pará, Rômulo Rodovalho.

Assim que a Secretaria de Saúde recebe os lotes do Ministério de Saúde inicia um planejamento operacional para distribuição entre os municípios paraenses e neste momento a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Segup) oferece o apoio logístico.

Rodovalho reforça a importância da população se vacinar e de continuar com os cuidados de saúde. “A Sespa está viabilizando a campanha junto aos municípios, mas nós reforçamos que a população deve continuar fazendo a sua parte sem deixar de lado os cuidados com a higienização das mãos assim como distanciamento social, uso de álcool em gel e máscara”.

O secretário complementa com orientações quanto a vacinação, “ressaltamos que é importante que todos fiquem atentos ao calendário de vacinação do seu município e não deixem de tomar a segunda dose, pois só assim é possível completar o ciclo da imunização”.

Texto: André Macedo (Ascom/Segup)

Por Governo do Pará (SECOM)