Governo autoriza licitação para reconstrução de terminal hidroviário e passarelas em Afuá

18/05/2021 15h54 - Atualizada em 18/05/2021 18h02

A charmosa cidade de Afuá, no arquipélago do Marajó, vai ganhar um terminal hidroviário reconstruído pelo Governo do Pará, por meio da Companhia de Portos e Hidrovias do Pará (CPH), além de novas passarelas de concreto por meio da Secretaria de Estado de Transportes (Setran). Durante agenda no município, nesta terça-feira (18), o governador do Estado, Helder Barbalho, autorizou abertura de licitação para CPH e assinou o convênio pela Setran. Participaram da agenda na Escola Estadual Leopoldina Guerreiro, o presidente da Companhia de Portos e Hidrovias do Pará (CPH), Abraão Benassuly, Secretário de Transportes, Adler Silveira, prefeito de Afuá, Odimar Salomão, além de autoridades locais. 

“A nossa Veneza do Marajó merece toda a atenção. E hoje, entregar a Escola Leopoldina Guerreiro, com toda a qualidade adequada para os anseios dos nossos alunos, é uma satisfação, assim como também entregar as obras do cais de arrimo do Terminal Hidroviário, que chegam para melhorar a infraestrutura da cidade, demonstrando a presença do Governo. Além disso, avançar em soluções históricas, como a questão da água, garantirão abastecimento de água para os moradores. Nós vamos continuar trabalhando juntos para fazer com que Afuá e todo o Marajó tenham qualidade de vida para a sua população, respeito, dignidade e acima de tudo, que nós possamos governar para todos”, disse o governador Helder Barbalho. 

Com a reconstrução, o terminal vai ganhar novas instalações elétricas, hidrossanitárias, pintura, sala de embarque, salas para órgãos oficiais, bebedouro, TV, cadeiras confortáveis, entre outros benefícios. Já o projeto naval contempla a instalação de rampas metálicas biarticuladas e flutuante para embarque e desembarque de passageiros. No total, o Estado deve investir R$ 3,7 milhões na obra. 

“Hoje o governador Helder Barbalho autorizou a abertura de licitação para reconstrução do terminal hidroviário de Afuá, uma obra muito esperada pelos moradores e que vai trazer mais conforto e segurança, além de desenvolver o turismo na cidade”, ressaltou Abraão Benassuly, presidente da CPH.

A reconstrução do porto vai proporcionar mais conforto e segurança para os moradores e ribeirinhos da região, que vem até a cidade em busca dos serviços essenciais. “Hoje, nosso trapiche não dá muita segurança para quem chega, mas com esse novo vai melhorar bastante, principalmente para que vai chegar a cidade. Espero que fique bom e bonito”, comemorou a pescadora Doralice Miranda de Souza, de 36 anos, que mora na região. 

Infraestrutura - Ainda na Escola Estadual Leopoldina Guerreiro, o governador Helder Barbalho assinou convênios para melhorias de infraestrutura da cidade por meio da Secretaria de Transportes (Setran). Foi assinado termo de cooperação para construção de muro de arrimo da Avenida Floriano Peixoto, que será de 600 metros, além de passarelas de concreto em bairros da cidade. Na oportunidade, a educação local também foi contemplada, já que a prefeitura de Afuá aderiu ao “Creches Por Todo o Pará”, o primeiro município do Estado a assinar o programa. 

“Através de uma parceria com a prefeitura municipal, a Setran vai construir um muro de arrimo na Avenida Floriano Peixoto, com extensão de 600 metros, ou seja, vai melhorar a infraestrutura do município e construirá, também, as passarelas de concreto que interligam as vias aqui de Afuá”, frisou o secretário de transportes, Adler Silveira.

Ao final da agenda, a equipe da Escola Estadual ofereceu um bolo de aniversário e cantou parabéns ao Governador Helder Barbalho, que hoje completa 42 anos. Participaram do compromisso, o presidente da CPH, Abraão Benassuly, Secretaria de Educação do Estado, Elieth Braga, deputados federais Junior Ferrari, Joaquim Passarinho, prefeito de Afuá, Odimar Salomão, secretário regional do Marajó, Jaime Barbosa , senador  Davi Alcolumbre (Amapá), chefe da Casa Civil, Iran Lima, além de autoridades locais. 

Conhecido como a cidade das bicicletas, o município de Afuá possui cerca de 33 mil habitantes e tem como principais atividades econômicas o turismo, pesca e agricultura. Por ter ser construída em uma área de várzea alagada, a cidade sobrevive praticamente apenas em cima de palafitas.

Por Bruno Magno (CPH)