Nona edição da Feira Internacional de Turismo da Amazônia será em novembro

A organização definiu nova data para o maior evento do turismo na Amazônia, que ocorrerá na Estação das Docas com os protocolos de segurança

29/04/2021 21h21 - Atualizada em 29/04/2021 22h04

A 9ª edição da Feira Internacional de Turismo da Amazônia (FITA) já tem nova data: está marcada para o período de 25 a 28 de novembro de 2021, na Estação das Docas, em Belém. Por conta da pandemia de Covid-19, a FITA, que ocorreria em 2020, precisou ser adiada. Agora, a expectativa é que quase no final deste ano seja possível a realização do evento, respeitando os protocolos e recomendações das autoridades sanitárias.

Em nota, a organização ressalta que não dúvidas de que a decisão é difícil para o mercado local, mas que todos estão “confiantes de que são, justamente, estas atitudes que vão possibilitar a realização de uma feira ainda mais efetiva na promoção e realização de negócios na Amazônia, sobretudo de forma segura”.

“O primordial agora é estarmos todos seguros e, por isso, a Feira precisou ser reformulada. Seguindo uma tendência de mercado, ela agora será híbrida para atender a um maior número de pessoas, levando em consideração os possíveis protocolos de segurança que tenhamos que seguir na ocasião”, informa Alessandra Pamplona, diretora de Marketing da Secretaria de Estado de Turismo (Setur).O secretário André Dias destaca o principal objetivo do evento: a valorização do Pará e o fomento a negócios turísticos para enfrentar as dificuldades da pandemia

Abrangência - Considerada a maior feira de turismo do Norte do País, a FITA abrange toda a Amazônia Legal brasileira e outros países da Amazônia Internacional. Um dos objetivos do evento é conectar negócios na Amazônia, criando um canal efetivo de diálogo com o público final - profissionais do turismo, representantes de destinos, empreendedores, órgãos oficiais, acadêmicos e todos que tiverem interesse no setor turístico da região.

“Vamos fazer um evento menor na Estação das Docas, para que possamos reunir a nossa trade local, da Amazônia, e discutir formas de desenvolver o turismo nesse novo cenário. Vamos falar das novas tendências do turismo, da gestão do turismo, e apresentar para o público os produtos turísticos que existem no nosso Estado e na Amazônia. Para que nós possamos nos conhecer melhor, valorizar mais a nossa terra e ajudar os negócios turísticos daqui a atravessar esse momento de dificuldade que tem sido a pandemia. Esse é o propósito”, afirma o secretário de Turismo do Pará, André Dias.

A programação está sendo readequada, já que o setor vive uma nova realidade, e agora a meta é trabalhar na retomada das atividades. “A FITA exerce o papel fundamental de fomentar a geração de negócios na nossa região. Por isso, a expectativa é que o evento marque o retorno dos eventos turísticos no nosso Estado, sobretudo de forma segura para todos”, diz Alessandra Pamplona. (Texto: Aila Beatriz Inete - Ascom Setur).

Por Governo do Pará (SECOM)