Jovens atendidos pelo TerPaz participam de oficina de música no bairro da Cabanagem

Projeto de Musicalização é realizado na Escola José Valente Ribeiro, desenvolvido pela Seduc e Territórios pela Paz

19/11/2020 13h03 - Atualizada em 19/11/2020 14h14
Por Giovanna Abreu (SECOM)

Toda quinta-feira tem iniciação à leitura, escrita musical e prática musical em grupo na Escola José Valente Ribeiro, na Cabanagem“Desde pequena sou apaixonada por música. Fingia que a vassoura era um violão. Os jovens aqui do bairro da Cabanagem, não têm muitas condições, por isso é tão importante um projeto como esse. Eu posso estar triste ou com problemas, mas quando começo a cantar e tocar, eu esqueço tudo que é ruim”, conta Emily Costa, 14 anos, uma das adolescentes que participam do Projeto de Musicalização, desenvolvido pela Secretaria de Estado de Educação (Seduc) e Programa Território Pela Paz (TerPaz).

Nas quintas-feiras de novembro e dezembro deste ano, a música toma conta da Escola José Valente Ribeiro, no bairro da Cabanagem. Jovens, que moram nas redondezas, participam dos projetos de “Iniciação à Leitura e Escrita Musical” e “Prática Musical em Grupo”.

Segundo Marisa Lima, coordenadora do TerPaz na Cabanagem, a música fala muito alto no bairro. “Abraçamos essa atividade ofertada pela Seduc para potencializar a musicalização e fortalecer os vínculos afetivos na escola”, explica. A coordenadora afirma que essas atividades são o grande diferencial do programa, que busca, além de reduzir os índices de violência, nos aspectos da criminalidade e violação de direitos, resgatar oportunidades para os jovens.

O professor de música da Seduc, Priamo Brandão, afirma que trabalha, durante as aulas, questões que envolvem a profissionalização dos jovens, com o aperfeiçoamento da leitura musical e a prática musical em grupo, mas as atividades não se limitam aos conhecimentos técnicos.

“Nas aulas de música, eles também aprendem a ter disciplina, saber escutar, se expressar, assumem responsabilidades, participam, usam a criatividade. Tudo isso auxilia do desempenho escolar. Esse projeto faz parte da educação integral, que envolve cultura, social, lazer, além das disciplinas”, ressalta o professor.

Sâmia Santos, moradora da Cabanagem, também participa do projeto e afirma não perder oportunidades como essa. “Esse programa é uma chance muito boa pra gente. A música faz parte da minha vida desde pequena e já me transformou. Eu sei que ela pode transformar o rumo de outros jovens do bairro”, ressalta.

A próxima oficina do TerPaz, no bairro da Cabanagem, será ofertada pela Secretaria de Comunicação do Estado do Pará, por meio da Diretoria de Comunicação Popular e Comunitária. Com o tema Marketing Digital, a atividade será realizada no mês de dezembro.

Para garantir a retomada segura de atividades, a escola disponibiliza álcool em gel, termômetros e pias, seguindo todas as medidas do protocolo estadual de segurança sanitária.

ESCOLA JOSÉ VALENTE RIBEIRO 

A unidade de ensino passou, em 2019, de 3,9 para a nota 5,0 no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), principal indicador de qualidade no Brasil. Inserida em um dos sete bairros assistidos pelo TerPaz, a escola teve sua rotina completamente modificada há mais de um ano, a partir do início das ações ligadas à política pública de combate à violência e inclusão social.

Segundo a diretora da escola, Ivanilda Vieira, o TerPaz proporcionou para os alunos novas vivências, que vão além do bairro, e refletiram nos resultados alcançados. “Os processos de aprendizado vão além da sala de aula. Com o programas, os alunos conheceram o Theatro da Paz, Parque do Utinga, Primavera dos Museus, Feiras de Ciências e outros locais que puderam relacionar às disciplinas, como história, biologia, literatura, física, matemática”, explica.

A escola também incentiva a criatividade dos alunos em relação à musicalização. Uma das atividades é o “The Voice JVR”, que é, segundo a diretora, uma oportunidade para os alunos mostrarem os seus talentos. “É igual ao programa da TV, com eliminatórias, alguns artistas paraenses, como a Marisa Black e o Marco Monteiro, já participaram como jurados. Atividades como essa estimulam muito os nossos alunos”, reforça.

USINAS DA PAZ

A Cabanagem será um dos bairros que irá receber uma Usina da Paz, que são grandes complexos públicos, com a finalidade de garantir a permanência do Estado nos Territórios pela Paz (TerPaz), com ênfase na prevenção à violência, inclusão social e fortalecimento comunitário. A previsão de entrega da empresa responsável é em maio de 2021.