Obras de reconstrução da PA-275 avançam entre Parauapebas e Curionópolis

Rodovia passa por três municípios e duas rodovias importantes da região sudeste do Pará: a BR-155 e a PA-160

17/11/2020 14h53 - Atualizada em 17/11/2020 15h38
Por Kátia Aguiar (SETRAN)

Máquinas e homens da Setran trabalham na abertura e pavimentação do acostamento, terraplenagem e reciclagem de solo na PA-275As obras de reconstrução, com implantação de acostamento da PA-275 estão em ritmo intenso. Atualmente, uma parte das equipes da Secretaria de Estado de Transportes (Setran) trabalha na abertura e pavimentação do acostamento, parte da via diferenciada destinada à parada ou estacionamento de veículos, em caso de emergência, e à circulação de pedestres e bicicletas, enquanto outras equipes fazem a terraplenagem e reciclagem de solo para dar agilidade à obra, que deve ser entregue antes do prazo previsto de março de 2022.

Os trabalhos se concentam entre as cidades de Curionópolis e Parauapebas, na região sudeste do Pará. Serão executados 60 km de acostamento e reconstrução em toda a via, que não recebia obras de substituição total do pavimento há 20 anos.

A obra foi iniciada em agosto deste ano, e já está em etapas avançadas. Logo após a conclusão do trecho Parauapebas e Curionópolis; as equipes da Setran irão se mobilizar para o outro trecho, entre Curionópolis até Eldorado dos Carajás. 

A PA-275 tem 100 km de extensão e sua requalificação dá maior segurança ao deslocamento de milhares de famílias do sudeste estadualA reconstrução da PA-275  beneficiará a rota de escoamento da produção mineral do estado, principalmente, para o município de Parauapebas, polo de exportação de minerais como ferro, cobre e manganês. "Além, é claro, de beneficiar toda uma coletividade do sul e sudeste do Pará, com uma estrada com total segurança, dotada de acostamento, garantindo o direito de ir e vir do morador das duas regiões e de quem trafega na via”, detalha Adler Silveira, titular da Setran. 

Com mais de 100 Km de extensão, a rodovia PA-275 passa por três municípios e duas rodovias de acesso: a BR-155, que dá acesso ao município de Marabá, principal cidade do sul e sudeste do Pará; e a PA-160, dando acesso à cidade de Canaã dos Carajás.

Obras na região do Carajás

A Setran investe em diversas obras para o desenvolvimento da infraestrutura rodoviária de todas as regiões de integração do ParáA Setran investe em diversas obras para o desenvolvimento da infraestrutura rodoviária de todas as regiões de integração do estado do Pará. Na região do Carajás, a Setran planeja a pavimentação da rodovia PA-477, no município de Piçarra, entre a BR-153 até o centro do município. A obra está em fase de montagem de processo.

Também está prevista a pavimentação de 45 quilômetros da rodovia Transcarajás, que liga os municípios de Canaã dos Carajás até o pontão do Araguaia, distrito de Xinguara. A rodovia interligará Canaã às demais regiões do Brasil, fator vital para o desenvolvimento econômico do município.

Outra obra estratégica para a região será a duplicação da BR-222 com extensão de 5 Km. A obra está localizada no subtrecho do fim da ponte rio Tocantins, até à BR-153/230, na cidade de Marabá. A obra está na fase de trâmites de cessão da rodovia para o Estado pelo DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes).

Pontes

Na região, a Setran fará um dos maiores investimentos nas construções de pontes de toda o estrado. Serão construídas 24 pontes de concreto armado e duas de madeira ao longo dos rios que cortam as rodovias da Região de Integração de Carajás.