Governo promove mais de 6 mil policiais militares em menos de dois anos

Reconhecimento é fruto da política de fortalecimento da corporação e investimentos na área da segurança pública

30/09/2020 09h19 - Atualizada em 30/09/2020 10h41
Por Matheus Soares (PM)

Seis mil cento e cinquenta e quatro policiais. Este é o número dos oficiais e praças da Polícia Militar do Pará (PMPA) que foram promovidos entre os anos de 2019 e 2020 em todo o Estado. Ao todo, conquistaram a promoção 5.867 praças, divididos entre as graduações de cabos, sargentos e subtenentes e 287 oficias, pertencentes aos quadros de Combatente, de Saúde e Complementar. 

No dia 25 de setembro, na celebração dos 202 anos de fundação da Polícia Militar, foram promovidos 2.027 praças e 42 oficiais

Em menos de dois anos, mais de um terço do efetivo total (16 mil agentes aproximadamente) alcançou um novo degrau na escala hierárquica da corporação. O número recorde de promoções é resultado do compromisso do governo do Estado com a instituição, que está presente nos 144 municípios paraenses e vem alcançando excelentes resultados no desempenho das ações preventivas e combate a criminalidade.

Somente no último dia 25 de setembro, na celebração dos 202 anos de fundação da Polícia Militar, foram promovidos 2.027 praças e 42 oficiais. "Parabenizamos todos os promovidos e seus familiares, que experimentam agora o sabor de mais uma importante conquista em suas carreiras", destacou o comandante-geral da PM, coronel Dílson Júnior.  

Em 2019, a graduação mais contemplada com promoções foi a de 2° sargento: foram 1.512 no total. Já neste ano, o maior quantitativo foi o de cabo, com 1.692 policiais recém-promovidos. "É uma satisfação enorme subir mais um degrau na carreira que eu escolhi para minha vida e que exerço com muito orgulho. Esta é só a primeira vitória de muitas que virão na 'Briosa de Fontoura'", enfatizou o cabo Lucas Thomás, de 26 anos, que ganhou a promoção neste mês.

Segurança pública - O compromisso do governo do Estado apresenta resultados, com a redução dos índices de criminalidade na região metropolitana e interior do Estado. O Pará alcançou a 2ª posição entre as unidades da federação que mais reduziram as mortes violentas no primeiro semestre de 2020. A média nacional registrou uma elevação de 6%, ao passo que o Pará registrou queda de mais de 24%.