Reformas em terminais hidroviários avançam no Baixo Amazonas

Governo do Estado pretende entregar o terminal de Óbidos até o final deste ano e o de Monte Alegre em breve

24/09/2020 09h12 - Atualizada em 24/09/2020 10h29
Por Bruno Magno (CPH)

Obras em Óbidos são importantes para o modal hidroviário da região do Baixo AmazonasAs obras de reforma e adequação dos terminais hidroviários de Monte Alegre e Óbidos, no Baixo Amazonas, avançam por meio da Companhia de Portos e Hidrovias do Pará (CPH). Quando finalizados os equipamentos vão facilitar a integração do modal hidroviário da região, cortada por importantes rios. 

O Terminal Hidroviário de Monte Alegre, contemplado com a reforma este ano, já recebe os primeiros serviços. No momento, os operários trabalham na troca dos revestimentos internos do terminal de passageiros e na retirada do antigo revestimento externo. Todos serão substituídos por novos materiais pensados para proporcionar conforto aos usuários. A obra está orçada em R$ 2.574.415,89, com recursos do superávit do Tesouro Estadual.

No projeto também constam novas instalações elétricas, hidrossanitárias, substituição de portas, pinturas, pisos novos, cadeiras longarinas, instalação de ar condicionado e bebedouro. Além disso, a revitalização  contempla conjunto naval com rampa metálica e flutuante para embarque e desembarque de usuários. Localizado às margens do rio Gurupatuba, o terminal hidroviário recebe embarcações que fazem várias linhas na região, com destinos para Belém, Santarém, Almeirim, Prainha e Macapá, no Amapá. 

Em Monte Alegre, o revestimento das paredes está sendo trocadoNo Terminal Hidroviário de Óbidos, os trabalhadores atuam na pintura interna e na finalização dos acabamentos. No terminal de passageiros, o telhado já foi finalizado. A reforma prevê salas para órgãos oficiais, sala de embarque, banheiros masculino, feminino e necessidades especiais, lanchonete, guarda-volumes, guichês para vendas de passagens, televisão e bebedouro.

Na área externa, o terminal vai contar ainda com rampa metálica e flutuante para embarque e desembarque de passageiros. Parte da rampa metálica que dará acesso ao flutuante também já ficou pronta. O Estado investiu R$ 2.769.957,29 na obra de reforma.

"Em Monte Alegre e Óbidos as obras avançam dentro do prazo, mesmo com o atraso na entrega dos materiais devido a pandemia, o que não comprometeu o nosso cronograma. Pretendemos entregar o terminal de Óbidos até o final deste ano e o de Monte Alegre em breve. A meta do governador Helder Barbalho é integrar o modal hidroviário paraense, e para isso, estamos reformando estes equipamentos", informou Abraão Benassuly, presidente da CPH.