Setran constrói ponte na Estrada do Rio Preto, em Marabá

Construção e pavimentação da estrada também devem ocorrer por meio de Parceria Público-Privada  

23/09/2020 14h23 - Atualizada em 23/09/2020 18h01
Por Kátia Aguiar (SETRAN)

A Secretaria de Estado de Estado de Transportes (Setran) vai assinar, ainda esta semana, a Ordem de Serviço (OS) para construção de uma ponte em concreto armado na Estrada do Rio Preto, no trecho da BR 222/Vila União, no município de Marabá, região sudeste do Pará. A ponte terá 30 metros de comprimento por 8,60 metros de largura, um investimento de R$ 1.049.021,26.

Segundo o titular da Setran, Pádua Andrade, a construção da ponte é o início de um trabalho que pretende garantir a requalificação total da Estrada do rio Preto, via estratégica para o escoamento da produção mineral e agropastoril da região. “Será celebrada, ainda este mês, uma parceria público-privada entre o Governo do Pará e empresa Buritirama Mineração deve garantir a pavimentação de 20 quilômetros iniciais da rodovia. É o início da concretização do sonho de quem vive ao longo da estrada, e necessita  que as obras de infraestrutura de transporte chegue também até essa estrada”, defendeu Pádua. 

A tratativa para garantir as obras na estrada ocorre há alguns meses na qual o Governo do Estado demonstrou todo interesse em resolver o problema da rodovia. O governador Helder Barbalho, reuniu no início do ano com a direção da empresa Buritirama, e determinou a elaboração de projeto e orçamento para atender uma reivindicação de mais de 40 anos dos moradores locais.

A Estrada do rio Preto aberta em 1982, que é uma extensão da rodovia BR-222, possui 260 km de extensão, por onde trafegam, diariamente, mais de dois mil caminhões carregados de minérios, gado e grãos, abrangendo os municípios de Marabá, Itupiranga, Novo Repartimento e São Félix do Xingu.