Prevenção: servidores da Semas fazem teste rápido da Covid-19

O objetivo é manter a vigilância contra o vírus e garantir os cuidados no ambiente de trabalho

11/09/2020 11h20 - Atualizada em 11/09/2020 13h34
Por Anna Paula Mello (SEMAS)

Ação acontece no auditório da Semas e conta com o apoio da SespaOs servidores da Semas estão tendo a oportunidade de fazer testes rápidos de Covid-19. A testagem que começou na quinta-feira (10) e vai até esta sexta-feira (11), é organizada pela Secretaria Adjunta de Gestão Administrativa e Tecnologias (Sagat), em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) e Associação dos Servidores. Os exames são feitos por uma equipe de enfermagem da Sespa, no auditório da Secretaria. A estimativa é a de que cerca de 700 funcionários façam o teste, cujo resultado fica pronto entre 10 a 15 minutos.

O teste comprova se a pessoa está com presença de anticorpos no organismo. Ou seja, resultados positivos atestam que houve contato com o vírus e que a pessoa ainda produz anticorpos, já que o corpo leva alguns dias a partir da infecção para começar a produzir anticorpos detectáveis. Dessa forma, esse teste não deve ser encarado como um exame confirmatório de uma infecção atual e, normalmente, é indicado para pessoas que possuem suspeita de contato prévio com o coronavírus.

“Este tipo de ação é de suma importância para a gente tratar da questão da prevenção e do cuidado com o servidor, tendo em vista os riscos acarretados com esta pandemia. Esta é mais uma iniciativa da Semas para garantir a segurança dos servidores”, afirmou Ivone Coelho, diretora de Gestão Administrativa e Financeira da Semas. Além da testagem, os servidores também participam de palestras com orientações de prevenção à Covid-19.

A estimativa é a de que cerca de 700 servidores façam o teste, cujo resultado fica pronto entre 10 a 15 minutos

Ações preventivas - A Semas tem aplicado diversas medidas de prevenção à pandemia de Covid-19, com adoção de trabalho remoto, disponibilização de álcool em gel, substituição do ponto biométrico pela assinatura de frequência manual e exigência de uso de máscaras em suas dependências. A Secretaria também chegou a adotar atendimento ao público de forma virtual, reuniões em videoconferência, cursos de capacitação de servidores em formato de Educação a Distância (EAD) e prorrogação de prazos e procedimentos administrativos referentes a determinadas modalidades de licenciamento ambiental.