Governo do Estado constrói mais de 350 km de rodovias paraenses

Obras em execução constroem e pavimentam vias expressas do extremo sudoeste paraense à região do Marajó

25/08/2020 16h36 - Atualizada em 25/08/2020 20h06
Por Kátia Aguiar (SETRAN)

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Transportes (Setran), constrói mais de 350 km de rodovias estaduais em regiões que vão desde o extremo sudoeste estadual à região do Marajó.  

No pacote de obras em execução são reconstruídas as seguintes rodovias PA-150 no sudeste paraense, uma extensão de 164,04 km; PA-140, que ganha 37,5 km de asfalto novo, no nordeste do Pará, PA-275, que recebe 61 km de pavimento no sudeste estadual.Os investimentos do governo do Estado na malha viária contemplam rodovias desde o sudoeste até o Marajó

Na lista de beneficiadas, há, também, a PA-252, no nordeste, que recebe 62 km de novo pavimento; a PA-159, que ganha 20 km, em Breves no Marajó; PA-287, no sudeste, que tem 2,65 km da sua extensão  duplicada, e ainda tem a Vicinal Carne de Sol, região no extremo sudoeste do Pará, na fronteira com o Maranhão, que recebe 8 km de asfalto.

Secretário da Setran, Pádua Andrade afirmou que todas as obras estão em andamento e o Governo do Pará já iniciou o processo de licitação de outros dois conjuntos de obras de construção de rodovias paraenses, com execução ainda em 2020.O governo investe na construção de mais de 350 km de rodovias estaduais

"E algumas já foram licitadas, e serão superior a quase 970 km de rodovias. Será o maior investimento em obra de infraestrutura de estrada do Pará. Um orçamento de quase R$ 2 bilhões em 2020", destacou o titular da Setran, Pádua Andrade.

Ele informou que o recurso de 2020 para obras nas estradas é três vezes superior ao investido em 2019,  que girou em torno de R$ 450 milhões. O governador Helder Barbalho vem acompanhando o andamento das obras em suas agendas de trabalho no interior

O primeiro pacote, segundo o secretário, inclui quase 496 km de pavimentação com recursos do Tesouro estadual e 472 km de construção e pavimentação de rodovias com recursos do Prodeir (Programa de Desenvolvimento e Integração  do Estado  do Pará).

Entre as obras, há a construção e pavimentação de vias estratégicas para o desenvolvimento de regiões inteiras, como a Transcarajás, um trecho que liga Canaã dos Carajás ao km 70, na BR-155; a PA 275, de Parauapebas a Eldorado dos Carajás, rota de escoamento do minério e do agronegócio; a PA-407, conhecida como Vicinal do Açaí, por onde escoa grande parte da produção do fruto da região do Tocantins.As frentes de trabalho da Setran estão atuando em todas as regiões

Também haverá a Transuruará, que reduz em quase 200 km o tempo de viagem de Itaituba a Santarém no oeste do Pará; a PA-370, no Xingu; e a pavimentação da Perna Leste, uma alternativa de tráfego para quem acessa a Alça Viária pelo Acará até a PA-140 (Bujarú).

Ao todo, a malha rodoviária estadual tem 7.500 km de rodovias, destas mais de 52% não tinha pavimento asfáltico no início do atual governo. Agora, com novas as obras, mais de 1.300 km de rodovias serão construídas ou reconstruídas.

Há ainda investimentos nas estradas vicinais dos municípios paraenses por meio de convênio com as prefeituras municipais, em que serão investidos cerca de R$ 111 milhões, em estradas e construção de pontes.