Polícia Militar intensifica operações em Mosqueiro durante o mês de julho

Corporação utiliza drones para aumentar fiscalização nas praias e vilas da bucólica

11/07/2020 16h41 - Atualizada em 11/07/2020 21h50
Por Taiane Figueiredo (PM)

Com efetivo reforçado e uso da tecnologia, a Polícia Militar do Estado, por meio do 25° Batalhão, intensificou a segurança na ilha de Mosqueiro, em Belém, durante todo o mês de julho. 

A unidade, que está vinculada ao Comando de Policiamento da Capital II, recebeu o reforço de 100 agentes de várias unidades, para atuarem de maneira integrada com outros órgãos de fiscalização estaduais e municipais.

Além da PM, equipes da Polícia Civil, Corpo de Bombeiros Militar, Departamento de Trânsito do Estado (Detran) e de outros órgãos estaduais, atuam de maneira integrada com agentes da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob) e Guarda Municipal de Belém, ao longo de toda a ilha de Mosqueiro.

No caramanchão, na praia do Chapéu Virado, um posto do Centro Integrado de Comando e Controle da Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup) foi instalado para dar suporte às ações de fiscalização e monitoramento.

Uma equipe multidisciplinar formada por agentes de órgãos estaduais e municipais atua de forma integrada e preventiva para garantir mais segurança aos veranistas e moradores locais. 

Tecnologia

A grande novidade deste ano é que, assim como em Salinópolis, no nordeste paraense, a ilha de Mosqueiro conta com o suporte de aeronaves remotamente pilotadas (drones) para ampliar a visão panorâmica da praia e das vilas de Mosqueiro. 

"Nossa missão é monitorar toda a orla durante o dia, para fiscalizar a aglomeração de pessoas, e as vilas do distrito durante a noite, para inibir a prática de furtos, roubos e outros crimes", explicou o cabo Fabrício Tenório, operador desse tipo de equipamento, e que atua no Comando de Policiamento da Capital I (CPC I). 

"A partir das informações recebidas pelo Centro de Inteligência (CI) e contando com o reforço de policias que atuam no Comando de Missões Especiais (CME) e em outras unidades da corporação, realizamos operações preventivas diariamente, e estamos alcançando bons resultados", avaliou o comandante do 25° BPM, tenente-coronel Francisco Ferreira. (Texto: Josuelton Chagas)