Emater apoia produtor de Marabá com aprovação de crédito de R$ 184 mil

Por meio da linha de crédito Pronaf Mais Alimentos, produtor vai modernizar atividades

07/07/2020 12h01 - Atualizada em 07/07/2020 12h36
Por Rodrigo Reis (EMATER)

O escritório local da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater) de Marabá, no sudeste paraense, elaborou um projeto de crédito no valor de 184 mil reais, para o produtor Jairo Silva. O valor será investido no setor da pecuária. O projeto foi elaborado por meio do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) – modalidade Mais Alimentos, e financiado pelo Banco do Brasil.

Pecuária: produtor de Marabá vai investir recursos na modernização de atividades

O produtor é assistido pela Emater há mais de uma década. “A Emater fez levantamento da renda e patrimônio do produtor e também vistoria na propriedade, sempre com a presença da gerente do banco Jacirema Alves, para que a instituição bancária conhecesse também como vive este produtor”, explicou Rick Mourão, responsável pela elaboração do projeto de crédito do produtor, que é assentado e reside da PA Castanheira há mais de 20 anos.  

Com o Pronaf Mais Alimentos, é possível financiar investimentos destinados à implantação, ampliação ou modernização da estrutura das atividades de produção e de armazenagem na propriedade rural, aquisição de máquinas agrícolas, equipamentos e implementos, aquisição de matrizes, formação e recuperação de pastagens, proteção e correção do solo, aquisição de bens como tratores e embarcações, entre outras iniciativas.

Pecuária - Com pouco mais de 60 cabeças de gado, o produtor Jairo Silva espera aumentar a produção e, consequentemente, a renda. “A meta é produzir mais para vender para os comerciantes locais. Com isso, minha renda vai aumentar. Vou reforçar a produção leiteira também. O ganho será de todos”, planeja.

Pecuarista há 15 anos, o produtor reforça o trabalho da Emater. “A qualidade técnica da instituição é sem igual. São pessoas capacitadas e que oferecem todo o suporte necessário para que a minha produção sempre cresça”, pontuou. 

Em Marabá, a Emater atua em pelo menos 50 projetos de assentamentos. Para Jacirema Alves, o objetivo da instituição é fomentar economicamente a região "e a Emater tem sido uma parceira importante e essencial nesse sentido”. Durante as visitas técnicas, a gerente vai até as propriedades “para conhecer de perto e também criar vínculo entre o produtor rural e a instituição financeira”.