AGE analisa serviço de empresas fornecedoras de vale alimentação

20/06/2020 14h16
Por Cácia Medeiros (IGEPREV)

A Auditoria Geral do Estado (AGE) investiga empresas contratadas para fornecer vale alimentação escolar para alunos da rede estadual de ensino. A auditoria de caráter especial, instaurada e publicada no Diário Oficial do Estado na sexta-feira (19), tem duração de 180 dias, mas o prazo poderá ser prorrogado se houver necessidade.

O objetivo é verificar se três empresas que repassam os vales distribuídos pela Secretaria Estadual de Educação (Seduc), estão regulares quanto aos pagamentos de seus fornecedores, como forma de garantir a continuidade da prestação do serviço.

A preocupação é manter a assistência alimentar a milhares de estudantes afastados das salas de aula por prevenção ao coronavírus. A medida é uma das estratégias adotadas pelo Estado para minimizar os impactos da pandemia.

A decisão, que resultou na abertura do procedimento investigatório, levou em consideração a necessidade de apuração dos supostos problemas, já que qualquer atraso, ou mudança na forma de pagamento aos fornecedores, pode acarretar em prejuízo ao erário, e principalmente para uma significativa parcela da comunidade escolar que precisa dos alimentos para a garantia das necessidades nutricionais diárias. 

O trabalho da AGE servirá como subsídio para os órgãos competentes agirem na responsabilização dos envolvidos, caso qualquer inconformidade seja identificada.