Governo conhece plano de investimentos da Natura para o período de 2020 a 2024

A empresa pretende transformar o Pará no principal centro produtor de suas linhas de sabonetes

16/06/2020 19h46 - Atualizada em 16/06/2020 20h14
Por Bianca Buenaño (COSANPA)

Nesta terça-feira (16), o governador do Pará, Helder Barbalho, o secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia, Adler Silveira, e o secretário de Estado da Fazenda, René Sousa Júnior, participaram de videoconferência com diretores da empresa Natura, que apresentou um plano de investimentos para o Estado no período de 2020 a 2024.A videoconferência reuniu o governador Helder Barbalho, secretários de Estado e diretores da Natura

Um dos objetivos é expandir suas atividades no Ecoparque, em Benevides, município da Região Metropolitana de Belém, informou o CEO da empresa, João Paulo Ferreira. Com o plano, a Natura trará para o Estado mais emprego e renda, beneficiando a população, e transformando o Pará no principal centro de fabricação de sabonetes da empresa no Brasil.

“Essa iniciativa é muito importante para o nosso Estado, porque além de empregos na área da indústria, tem a geração de empregos devido à distribuição desses produtos; tem também as consultoras. Além da geração de empregos de forma indireta, por exemplo, daquelas pessoas que fazem parte da cadeia produtiva, que trazem essa matéria-prima para dentro da industrialização. Aquelas famílias que trabalham com o extrativismo dos produtos amazônicos, que compõe o produto final da Natura no Pará, que são os sabonetes, têm um reflexo nessa área”, explicou Adler Silveira, titular da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme).

Interesse em investir - Adler Silveira destacou a importância do interesse de grandes empresas, como a Natura, em investir cada vez mais no Pará. “É uma satisfação ver o interesse de uma empresa do porte da Natura em nosso Estado, e continuar de braços dados com o Pará no desenvolvimento das suas ações, seja na parte industrial seja na parte da matéria-prima, no extrativismo, como também na geração de emprego e renda para os paraenses”, completou o secretário.O governador Helder Barbalho (c), ao lado dos titulares da Sefa, René Sousa Júnior (e) e da Sedeme, Adler Silveira

Além da Natura, outras empresas parceiras já se instalaram no Ecoparque. Atualmente, o Estado conta com uma cadeia de empresas. Antes, a empresa que produzia a base para os sabonetes era de outro local. Agora, o Pará já conta com produção própria, resultando em aumento de emprego e renda, e da participação do Estado na cadeia produtiva.

O objetivo Governo do Estado é criar um ambiente favorável de negócios, para que o Pará seja competitivo na atratividade de empreendimentos que fortalecem as cadeias produtivas e as vocações econômicas do Estado.