Governo entrega nova estação de tratamento de água de Moju neste mês

05/06/2020 20h59 - Atualizada em 05/06/2020 21h12
Por Tayná Horiguchi (COSANPA)

A nova estação de tratamento de água (ETA) em Moju será entregue ainda este mês pela Companhia de Saneamento do Pará (Cosanpa) à população. A obra já está em fase de testes. O projeto era de 2013, mas nunca foi concluído. Em 2019, a Cosanpa deu continuidade aos serviços e agora irá entregar a estação completa com sistema automatizado de captação do rio Moju.

Nesta sexta-feira (5), o governador Helder Barbalho visitou a área da nova estação e destacou a importância de garantir água de qualidade para a população.

"Neste momento, nós estamos na fase final desta importante obra do governo do Estado, através da Cosanpa, que permite com que nós estejamos com a previsão de chegar a 80% das casas da cidade do Moju, com abastecimento de água de qualidade e a estrutura já pronta para chegar a 100% dos lares. Gradativamente, a rede permitirá com que com que todas as casas possam ter água de qualidade, que é um direito da população. O governo tem investido no sentido de ampliar essa estrutura por todo o Pará”, ressaltou o chefe do poder executivo.

O investimento foi de R$ 34,9 milhões e inclui o novo sistema automatizado de captação, a estação de água completa, com 40,5 quilômetros de rede de água, 2.830 ligações domiciliares, recuperação dos reservatórios existentes e a reforma da loja de atendimento. Atualmente, o município de Moju é abastecido por um sistema de dois poços profundos que funciona de forma precária.

De acordo com o presidente da Cosanpa, José Antonio De Angelis, a obra está em fase final e, em paralelo, os testes de funcionamento já estão sendo realizados. “Eu sei que toda obra gera transtornos, mas por conta de falta de gestão nos governos anteriores. Essa obra de Moju é um projeto de 2013, que deveria ter sido concluído em 2016, mas nunca avançou. Estamos pressionando as empresas contratadas para que todas caminhem bem. Agora vamos poder entregar essa estação completamente nova e com um sistema automatizado para captação do rio, tratamento adequado, para abastecer a população com água de qualidade”, explicou o presidente da Cosanpa.

“O abastecimento de água, o saneamento no Pará, seguramente, são um dos maiores desafios que devem ser solucionados e, por isso, nós temos feito os investimentos necessários, cobrado da Cosanpa uma gestão eficiente para que a Companhia possa ser reestruturada e tenha a eficiência necessária para atender a população, pensar o Estado sob todas as regiões, ter uma estratégia de ampliação de cobertura para atender todos os 144 municípios do Pará”, finalizou o governador Helder Barbalho.