Governo instala força-tarefa em Paragominas para combater roubos e outros crimes

Tropas especiais também serão deslocadas de Belém para reforçar policiamento na região

19/01/2020 17h00 - Atualizada em 20/01/2020 17h08
Por Aline Saavedra (SEGUP)

Governador Helder Barbalho e membros do sistema de segurança pública durante a coletivaEm entrevista coletiva na tarde deste domingo (19), na sede do Comando de Policiamento Regional VI, o governador do Pará, Helder Barbalho, ao lado da cúpula do sistema de segurança pública, anunciou a instalação de uma Força-Tarefa no município de Paragominas, na região sudeste, para reforçar, principalmente, as ações destinadas a reduzir as ocorrências de roubos a caminhonetes registradas na última semana. O governador também informou que haverá deslocamento de tropas especiais da capital, Belém, para potencializar o policiamento ostensivo na região.

Helder Barbalho disse que a ampliação da presença policial trará mais tranquilidade à população"Com o reforço policial, nós estamos ampliando a presença da Polícia Militar com o Batalhão de Operações Especiais, do Comando de Missões Especiais, para saturar a região e garantir à população de Paragominas mais presença de polícia, e com isso trazer a paz pra nossa gente. Em Paragominas nós tivemos uma redução significativa no número de homicídios. Os índices apontam 30% de queda. Tivemos também 17% no número de roubos, comparando 2017 a 2019, mas ao mesmo tempo nós temos sete eventos nos últimos dois meses que nos trazem um alerta especial por parte da sociedade. Em respeito a isso, e preocupados em esclarecer essas ações, nós já vínhamos atuando junto ao Poder Judiciário pela captura dos investigados nesses eventos”, ressaltou Helder Barbalho, acrescentando que “dos sete ocorridos, dois casos já têm prisão executada e identificação completa dos envolvidos. Ainda temos uma missão pela frente, absolutamente enorme, e continuaremos trabalhando, nos reinventando, investindo em pessoal e inteligência, com mais presença de polícia para garantir a paz em todo o Estado".

Reduções - De acordo com dados da Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), o número de roubos de caminhonetes registrados no município em 2019 também foi reduzido. Ao comparar as ocorrências de 2018 com os dados do ano passado, é constada a redução de 44% neste tipo de crime. O número de ocorrências de Crimes Violentos Letais Intencionais (homicídio, latrocínio e lesão corporal seguida de morte) diminuiu 30% em 2019, em comparação a 2018.

Segundo o secretário de Estado de Segurança Pública e Defesa Social, Ualame Machado, além da diminuição no número de ocorrências, é necessário que a sociedade se sinta mais segura e tranquila. "Importante nós estarmos perante a sociedade, e também trazer o reforço do policiamento ostensivo com a Polícia Militar. A Polícia Civil também está agindo na conclusão das investigações em andamento, para que a população de Paragominas tenha a percepção de segurança, pois os números reduziram, mas precisamos passar à população do município e de todo o Pará a sensação que apontam os números", ressaltou.

Delegado-geral Alberto Teixeira (c) informou que a prioridade é prender quem está praticando crimes no municípioAs ações de inteligência serão primordiais para rastrear o destino dos veículos roubados e descobrir como estão sendo utilizados. A Polícia Civil já reforçou o trabalho na unidade local. O Núcleo de Inteligência está dando apoio, para que possa ampliar as investigações e chegar, o mais rápido possível, à autoria e prisão dos envolvidos. "Já ocorreram duas prisões e três veículos foram recuperados. As diligências continuam para que nós possamos recuperar todos os veículos. Mas o principal é prender aqueles os estão praticando esse tipo de crime no município", assegurou o delegado-geral da Polícia Civil, Alberto Teixeira.

Integração - A Polícia Militar deslocou o Batalhão de Choque e policiais do Canil e da Cavalaria para reforçar o policiamento em Paragominas. "Paralelamente a isso, estamos atuando com uma integração maior da Polícia Militar com a Polícia Civil, nas inteligências, para que a gente possa identificar esses autores dos roubos em sequência de caminhonetes no município e dar a resposta que a população merece", enfatizou o comandante-geral da PM, coronel Dilson Júnior.

Na coletiva também foi apresentado o novo titular do Comando de Policiamento Regional VI, coronel Adriana Carvalho, e o novo comandante do 19° Batalhão de Polícia Militar, tenente-coronel Denis Gonçalves, ambos sediados em Paragominas.

Parceria - De acordo com o prefeito de Paragominas, Paulo Tocantins, uma reunião foi feita com a comunidade na última semana, e a agenda do governador no município estava programada para o próximo dia 22 (quarta-feira), data em que se comemora o aniversário de emancipação municipal. No entanto, diante das ocorrências, o chefe do Executivo decidiu antecipar a viagem a Paragominas para verificar in loco o que era necessário para combater os roubos de caminhonetes.

Reunião de Helder Barbalho com outras autoridades estaduais e municipais"A vinda do governador, juntamente com o Comando-Geral, para discutir e avaliar de perto esse problema, é muito importante, pois traz soluções imediatas para o município, além de mostrar a presença do Estado e atuação maior da segurança pública. A partir do encontro de hoje, ficou decidido que a investigação precisa ser feita com maior efetividade, para que se descubra a causa e o motivo desses ataques, para onde estão indo esses carros e que grupos estão comandando as ações. Através da inteligência das polícias, com certeza haverá resultados positivos para o município”, destacou Paulo Tocantins.