Detran não registra acidentes com mortes nas estradas do Pará

18/11/2019 21h53 - Atualizada em 19/11/2019 12h14
Por Lilian Guedes (DETRAN)

O feriado prolongado alusivo à Proclamação da República (15 de Novembro) não teve registros de mortes nas estradas do Pará. Segundo o Departamento de Trânsito do Estado (Detran), durante os cincos dias de operação houve sete acidentes na Rodovia BR-316 e demais municípios que receberam as ações de fiscalização do órgão. As equipes atuaram em Belém, Bragança, Marabá, Capanema, Altamira, Santarém e Itaituba.

“Avaliamos a operação de forma positiva, tendo em vista que não houve registro de acidentes com morte durante o feriado prolongado. O órgão, mais uma vez, cumpre seu papel de preservar a vida no trânsito”, destacou Ivan Feitosa, coordenador de Operações do Detran.

Os fiscais fizeram 1.371 autuações durante a operação em todo o Estado. De acordo com os agentes de Trânsito, conduzir veículo não licenciado, transitar pelo acostamento e não manter a luz baixa acesa nas rodovias foram as infrações mais cometidas.

Dos sete acidentes ocorridos, quatro vítimas foram encaminhadas ao atendimento médico. Em relação ao crime de alcoolemia (dirigir embriagado), 12 condutores foram presos e seis flagrados sob a influência de álcool. O teste do bafômetro determina que o limite para o condutor não ser multado é de 0,05 mg de álcool por litro de ar, configurando crime a partir de 0,34 mg.