Fiéis lotam a Basílica Santuário para ver de perto Imagem Original de N. Sra. de Nazaré

12/10/2019 13h36 - Atualizada em 13/10/2019 00h40
Por Bianca Buenaño (COSANPA)

Desde o início da manhã deste sábado (12), devotos de Nossa Senhora de Nazaré lotaram a Basílica Santuário para um dos momentos mais esperados pelos católicos no Círio: a descida da imagem original de Nossa Senhora de Nazaré do “Glória”. A Imagem desceu do alto-mor da igreja por volta do meio dia.

A celebração da Santa Missa presidida pelo padre Alexandre Paciolli, da Canção Nova, marcou a aproximação dos fiéis com uma imagem tão pequena, mas com um simbolismo enorme. Esse momento só ocorre duas vezes no ano, no sábado antes do Círio e em maio, quando é comemorado o aniversário da elevação da Basílica à condição de Santuário.

Desde 8 horas da manhã já tinha gente chegando na Basílica Santuário. A administradora Alessandra Leão chegou bem cedo para pegar um lugar privilegiado próximo ao altar. “Há 20 anos eu me programo para chegar cedo, gosto de ficar bem perto da Imagem. Esse é o momento de renovar a nossa fé. Saímos desse encontro cheios de esperança, o povo paraense é muito abençoado por viver o Círio”, declarou a devota.

O governador do estado do Pará, Helder Barbalho, acompanhou a descida da Imagem Original, de 28 centímetros, que a partir de hoje ficará em uma redoma de vidro no altar durante os 15 dias da quadra Nazarena.

O diretor de evangelização da festa do Círio, Jorge Xerfan, disse que os devotos lotam a Basílica, pois é uma oportunidade de fazer sua oração bem próximo de Nossa Senhora de Nazaré. “Essa cerimônia da descida da Imagem do Glória aproxima Nossa Senhora de Nazaré dos seus filhos, é um momento de muito alegria, é muito especial agradecer estando tão perto dela. Desejo que todas as pessoas aproveitem esse momento de encontro com a nossa Mãe e o seu filho, Jesus, que agradeçam por todas as coisas boas, que a gente possa abrir o coração e conversar com ela, com certeza ela vai interceder por nós. Feliz Círio a todos!”, desejou.

E quem participa pela primeira vez da descida do Glória fica impressionado com grandiosidade desse momento. “Eu sou paraense, mas já moro em São Paulo há 23 anos. Venho para o Círio de 3 em 3 anos e essa é a primeira vez que venho para a Descida do Glória, a fé que a igreja emana nessa hora é de arrepiar, estou muito feliz por estar aqui”, contou Simatra Pinheiro.

A descida da Imagem Original também emociona quem não é paraense. “Essa é a primeira vez que venho à Belém, ganhei de presente de Nossa Senhora de Nazaré conhecer a cidade nessa época tão especial. O amor que o paraense tem por Nossa Senhora é inexplicável, estou muito emocionada com tudo que estou vivendo aqui. Quero deixar meus parabéns à cidade e ao estado, pela receptividade e por essa festa maravilhosa”, disse Helena dos Anjos, moradora da cidade de Maceió, localizada no estado do Alagoas.

História - Em 1969, o Vigário de Nazaré, Padre Miguel Giambelli, decidiu descer a Imagem do Glória para ficar no Presbitério, mais próxima do povo, substituindo a Imagem do Colégio Gentil Bittencourt. As primeiras descidas ocorriam às 23h, após a chegada do Pároco na Basílica, depois da Trasladação. Antes, a Imagem Original de Nossa Senhora de Nazaré descia do Glória discretamente, com a Igreja fechada. Mas, desde 1992, a Basílica Santuário abre as portas para os fiéis acompanharem este momento especial, é o instante que eles podem ficar mais perto da Imagem encontrada por Plácido.

Após a cerimônia da descida do Glória, o chefe de Estado foi conhecer o Centro Integrado de Comando, localizado ao lado da Basílica Santuário. Ele foi recebido pelo secretário de Segurança Pública do Estado, Ualame Machado, que apresentou como está sendo feito o trabalho dos órgãos da segurança que estão integrados durante a Operação Círio 2019. O governador Helder Barbalho destacou que os órgãos estão trabalhando de forma integrada para garantir a tranquilidade nas procissões.